9 de julho de 2009

FVE – O Fenômeno da Voz Eletrônica

O que é?: O FVE – Fenômeno da Voz Eletrônica, ou EVP – Electronic Voice Phenomena, basicamente,  é a manifestação espiritual através de aparelhos como o rádio e gravadores.

Entre ruídos de estática ou sons de fundo normais (Passos, vento, carros…), pessoas dizem ouvir vozes de espíritos, ás vezes é uma frase, ou apenas uma palavra.

Quando começou:  No século XIX, a crença em espíritos se manifestava fortemente, graças ao crescimento de médiuns que diziam se comunicar com espíritos e com a invenção da fotografia, onde logo começaram a surgir pessoas que diziam ter registrado espíritos em filme.

Ao mesmo tempo, em uma entrevista, Thomas Edison, famoso inventor disse que haveria formas mais fáceis de se comunicar com um espíritos do que através da fotografia.  E disse que talvez suas invenções pudessem ser usadas para tal.

    “Se nossa personalidade sobrevive, então é estritamente lógico ou científico supor que ela retém a memória, o intelecto, outras faculdades e o conhecimento que adquirimos nesta Terra. Portanto, se pudermos desenvolver um instrumento tão sensível que seja afetado por nossa personalidade enquanto ela sobrevive na próxima vida, tal instrumento, quando tornado disponível, poderia gravar alguma coisa.”

                                                                                                                                                                                            -Thomas Edison

Com esta declaração, alguns acreditaram que Edison estaria querendo inventar algo com este propósito. Boatos dziam que seu maior invento, o fonógrafo (1877), podia ser usado para as gravações espirituais. Mas tal fato nunca foi confirmado. Edison morreu antes mesmo de inventar um aparelho assim.

O fonógrafo de Edison

No século XX, o interesse pelo então recém-conhecido FVE ganhou forças graças à novas gravações.  Friedrich Jürgenson, cantor de ópera, produtor de filmes e pintor, foi um dos maiores pesquisadores de FVE da época. Ao reproduzir uma fita sua de gravações de pássaros,  Jurgenson notou que era possível ouvir a voz de uma mulher dizendo: “Friedrich, você está sendo observado. Friedel, meu pequeno Friedel, pode me ouvir?”.

A dona da voz era nada mais, nada menos, do que sua falecida mãe.

Após este fato, Friedrich gravou outras vozes e publicou dois livros “Telefone para o Além” e “Radio contact with the Dead” (Contato de rádio com os Mortos).

Friedrich Jürgenson

Mas apenas recentemente, entre os anos 60 e 80, é que o FVE se tornou mais “popular”.

Em 1982 Sarah Estep, uma pesquisadora de FVE, fundou o AAEVP – American Association of Electronic Voice Phenomena (Associação Americana do Fenômeno da Voz Eletrônica, em português), e conta com membros de mais de 20 países, que alegam terem gravado milhares de vozes ao longo dos anos.

Graças à associação, muitas pessoas conseguiram se comunicar com entes já falecidos.

Sarah Estep

Confira o Site oficial do AAEVP com FVEs encontrados por Sarah Estep

Na visão Cética:  Na opinião dos céticos tudo não passa de má interpretação de interferência (Aquela coisa, se você achar que vai ouvir alguma coisa, você ouve…), algum som de fundo, tipo um carro passando na hora da gravação ou o vento, até mesmo a famosa “Linha cruzada”. Mas alguns FVEs ainda causam muitas dúvidas, por mostrarem mensagens pessoais, algo que só o falecido e alguma outra pessoa viva poderia saber.

Quer tentar gravar um FVE?: É “simples”, muitas pessoas gravam FVEs durante sessões espíritas, basta ter um gravador… E uma família que frequente o centro…

Especialistas em FVE recomendam gravadores digitais, aqueles ativados por voz, e também por possuírem filtros de ruídos mais modernos, tornando a suposta voz audível. O microfone do computador também funciona.

Bem… Vá em um lugar que tenha cara de assombrado, ou num cemitério, ou arrisque na sua própria casa.

Faça perguntas simples e devagar como “Tem alguém aí?”, tipo aquelas perguntas da brincadeira do copo, algo que possa ser respondido com “Sim” ou “Não” ou palavras rápidas, como um nome ou uma idade, FVEs são bem rápidos. E dê um certo espaço de tempo entre uma pergunta ou outra, mais ou menos dez, trinta minutos.

Como saber que alguém respondeu? Esse é o lado positivo dos gravadores ativados por voz. Eles acionam uma luz vermelha quando há presença de fala humana próxima ao aparelho, ou seja, se ninguém falar nada, e a luz acender…

Enfim, quando você achar que conseguiu algo, ou se está loucamente ansioso para ouvir sua gravação, passe para o computador, naqueles programas de edição de som (Não conheço muitos… Então recomendo o GoldWave), ouça tudo com cuidado e vá filtrando qualquer som que seja “inútil” (Ás vezes nem é preciso filtrar ruídos de fundo), até você escutar algo fora do comum.

Maaas, lembre-se: Não é recomendável você fazer isso por conta própria, afinal, coisas ruins podem acontecer.

Alguns vídeos com FVEs:

Parte de um dos extras do DVD e do trailer do filme Vozes do Além (Ver abaixo)

FVEs no Cinema:

Título: Vozes do Além (White Noise)

Ano: 2005

Tempo: 101 minutos

Sinopse:  Após perder a esposa em um acidente, Jonathan Rivers (Michael Keaton, o Batman de Tim Burton) tem a oportunidade de ouvir pela última vez a voz da falecida quando um estranho homem o encontra. Surpreso, ele começa a se dedicar à pesquisa do FVE para ver e falar mais com a esposa, que começa também a lhe passar estranhas informações.

Após (ou antes) ver o filme, dê uma olhada nos extras, há várias informações sobre FVEs que podem interessar ^^!!

Fontes: Wikipédia, HowStuffWorks e Adoro Cinema

Bons pesadelos…

13 comentários:

BяüИø Kµяågåяä disse...

parabenss OTIMO post

COMPLETANDO o post sobre o mesmo assunto a alguns meses atraz =]

Alessandro disse...

Nem fudendo que tento isso O.O

Luxferia disse...

Muito legal essa matéria! Eu adoro ver "Assombrações" no Discovery, sempre tem algum caso que usa essa técnica. Tenho vontade de testá-la, mas acredito que na minha casa não há espírito de gente morta, só de demônio mesmo!^^
Beijos lúgubres e bom fim de semana.

Copia Pow! disse...

Nos ja temos parceria de link né.. Vamos fazer de banner amigo? Da um toque la se aceitar abraço

Mariana disse...

AMEI a matéria! Muito, muito, muito boa, parabéns!

Até penso em fazer mas... Talvez eu acabe ouvindo o que não quero né? AUHSAUSH

flw!

Ronaldo! disse...

Uma vez vi na televisão uma mulher q gravou o falecido marido dizendo "Eu te amo"... Isso foi há poucos dias na RedeTv no programa Manhã Maior.

James disse...

Caramba, Hika sempre com posts macabros de assuntos que eu curto \o/
Só pra complementar, além do White Noise existe também o White Noise 2: The Light (conhecido aqui no Brasil como Luzes do Além). Não é somente sobre FVE, aparecem outros "temas", mas achei interessante também.
Mais uma vez parabéns pelo post!

Anônimo disse...

Kra,eu qro apertar o butão de play mas alguma coisa n deixa
!FEAR!

Anônimo disse...

a velha da mais medo que os fenomenos

Rebeca disse...

Mais uma matéria super legal! (: Eu assisti Vozes o além e gostei mais dos extras mesmo! Achei MUITO interessante.

EricGruby disse...

Não é tão assustador... Só senti medo quando vi a foto da Sarah Estep o.o ahUhauhauhAU

Frank Lucas disse...

Muito show seu site o dono esta de parabéns se quiser pode colocar o link dele no meu site:

 Tatuagens masculinas 
Tatuagens de dragões 
Tatuagens nas pernas  
Tatuagens tribal  
Tatuagens de carpa  
Tatuagens de fênix  
Tatuagens de tigre  
Tatuagens de águia  
.

MrLuyKi disse...

Pra quem acha que isso nao ocorreu no Brasil está muito enganado: http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2006/06/astrogildo_fala.html

flw!