Fantasmas do Japão.

Sempre que posto fotos ou videos do Japão vem aquele comentário "Porque só tem fantasma no Japão e UFO no México ?" Então vou explicar a primeira delas. Aliais... eu não! Com o MEDO B tive o prazer de conhecer pessoas interessantes que gostam e ajudam muito o blog! Uma delas é minha leitora Raquel, qs uma Japonesa ela me ajuda traduzindo os posts do lado de lá :)
Como ela conhece bem a cultura Japonesa pedi a ela para me explicar o que são os fantasmas para os Japoneses... Então com a palavra, Raquel :D




Desenho que retrata a visão generalizada dos fantasmas para os Japoneses - Toriyama Sekien



Oi gente. :)
Bem, em primeiro lugar gostaria de me apresentar rapidamente. Meu nome é Raquel, tenho 19 anos, sou leitora assídua do MEDO B e estou aqui pra contribuir um pouco com o conhecimento que tenho sobre fantasmas e espíritos japoneses.
Morei lá durante nada menos que nove anos e, entre conversas com japoneses, lendas e tradições que ouvi na escola e coisas que li pela internet e vi em programas na TV, fiquei sabendo de um bocado de coisas no mínimo interessantes sobre eles.

Há uma teoria, embora esta seja apenas uma teoria, de que o motivo pelo qual o Japão é tão assombrado é que as pessoas, desde muito tempo atrás, se vêem obrigadas a reprimirem emoções, desejos e hábitos, muitas vezes por seu governo, outras por costumes, ou em alguns outros tantos casos, timidez. Japoneses não são como muitos pensam extrovertidos e emocionalmente livres. Embora o visual revele audácia, no quesito comportamento eles são receosos, como se temessem expor demais suas emoções. E em consequência disso, vivem uma vida vazia, pouco alegre, baseada em satisfações materiais que naturalmente não levam à nada. Quando morrem, permanecem na terra seus espíritos, vagando infelizes, apegados a algum objeto ou assombrando outras famílias mais ligadas à afeto, amor fraternal e etc. Que fique claro que não estou generalizando os japoneses. Muitos são como nós, brasileiros, que vivemos "intensamente", dizendo e fazendo o que nos "dá na telha" sem medo de represálias, mas são ainda assim pouquíssimos.
A maioria dos leitores já sabem, mas "Jyuon", "The Grudge", ou (como é mais popularmente conhecido no Brasil) "O Grito", do diretor Takashi Shimizu, é baseado no folclore japonês que diz: "Quando uma pessoa morre envolto em uma emoção de extremo ódio, tristeza ou rancor, uma maldição é criada, e quem se depara com ela acaba sendo arrastado pelo mesmo caminho, consumido pela fúria do espírito." E acredite, esses espíritos estão presentes em lugares muito mais comuns do que se pensa. Mais ou menos na metade do ano de 2007, uma onda de suicídio entre os jovens assustou o país, tornando-se uma polêmica bastante discutida nos jornais. Crianças de oito anos até adolescentes, por volta de seus dezessete, dezoito anos, estavam se matando enforcados, ou se jogando do alto dos prédios de suas escolas ou simplesmente se atirando nas linhas dos trens. O motivo, embora pareça insuficiente pra atitudes tão radicais, era: descriminação. E não me refiro apenas à descriminação racial; às vezes, apenas porque o aluno era mais pobre, ou mais estudioso, ou porque não gostava de esportes, turminhas começavam à atormentá-lo dia após dia na escola. E isso bastava. Alguns denunciavam esses alunos aos professores, que encaravam como "coisa de criança", outros mantinham isso pra si, até o ponto em que tudo se tornava insuportável e finalmente, eles tomavam a decisão mais (pelo menos em suposição) eficaz: acabar com a dor da forma mais rápida.
O suicídio é algo tão antigo quanto as tradições orientais. Aposto que você já deve ter ouvido falar do harakiri, certo? O harakiri (seppuku ou também kappuku), 'nascido' na era Heian é a maneira mais famosa de suicídio no Japão. É um ritual suicida onde os guerreiros samurais enfiavam seus punhais na barriga, evitando assim cair na mão de inimigos de batalha e sofrerem outros tipos de torturas ou, em casos que envolviam suas honras, lavá-las. Um guerreiro que cometia harakiri era considerado extremamente corajoso e tornava-se famoso pelo ato, já que é uma forma extremamente dolorosa de suicídio, podendo levar de horas até dias para sua morte. O primeiro guerreiro a cometer harakiri foi Minamoto No Tametomo, e desde então o ato 'popularizou-se'.
Como se vê, suicídio não é tão tabu no Japão quanto o sexo, por exemplo. É cometido com muito mais frequência, por pessoas de todas as idades, o que na opinião de muitas pessoas sensitivas e espíritas que já conheci lá, é o principal motivo de o país ser tão carregado e assombrado.
E não podemos nos esquecer também de Hiroshima, onde segundo dizem é o local com a maior concentração de espíritos e fantasmas, como todos já sabem, por causa do atentado, que matou milhares de civis inocentes, que permanecem por lá vagando entre os vivos, sem destino.
Dentre tantas peculiaridades sobre fantasmas, lembro-me de uma vez em que ouvi uma senhora japonesa vizinha de nosso apartamento dizer: "Não se preocupe com os fantasmas que vagam entre nós durante o inverno. Eles são inofensivos. Os mais perigosos são os que vagam durante o verão." O porquê é relativo. Há quem diga que é porque no verão (que no Japão equivale à metade de junho até agosto) eles se agitam mais por causa das festividades, férias escolares e claro, pelo "Yuurei no Hi" (Dia dos Fantasmas), que é celebrado no dia 26 de Julho, próximo ao "Obon" (Dia dos Mortos), que é comemorado entre os dias 13 e 15 de Julho em algumas regiões, e em outras, em meados de Agosto. Durante o Obon, diz-se que os espíritos dos antepassados retornam à este mundo para reunirem-se à seus familiares. É exatamente nessa época em que os japoneses costumam visitar os túmulos de seus entes, o que no Brasil, equivaleria ao Dia de Finados.
Algumas curiosidades:

- Várias pessoas dizem sentir um "peso sufocante" no tórax à noite, quando vão dormir. Em quase todos os casos, isso ocorreu após elas terem mudado os móveis do cômodo de lugar. Sensistivos e espíritas explicam que é porque às vezes, os móveis interpõe-se no caminho dos espiritos, impedindo suas passagens, e assim eles assombram a pessoa noite após noite até que o móvel ou objeto em questão seja retirado do caminho.

- Andando pelas ruas japonesas não é raro avistar casas grandes (e em alguns casos até mesmo luxuosas) abandonadas. Algumas até possuem a chave da entrada na fechadura, como se esperassem por alguém. Mas muito cuidado se você encontrar uma assim: provavelmente ela foi abandonada por ter algum espírito maligno que a habita ou por ter ocorrido um assassinato em seu interior e por isso, é um local extremamente assombrado.

- Japoneses acreditam que bonecos possuam o stigma de seus donos. Se o dono tiver uma vida triste e cheia de más lembranças, isso automaticamente será transmitido ao boneco, que irá proporcionar a mesma vida a seu próximo dono. (Boneca Okiku)

- Antigamente todos os corpos eram enterrados sentados em suas covas para ocuparem menos espaço nos cemitérios.

- É costume em algumas famílias ficarem com os restos do cadáver que não carbonizaram no crematório.

- Nem todas as aparições de rostos ou imagens inexplicáveis em fotos são de fantasmas. Em alguns casos, paranormais afirmam que o que se vê nas fotos é na verdade a alma de uma pessoa ainda viva que se desprende temporariamente do corpo, transportando-se para lugares onde teve memórias intensas que estão sendo vividas por outras, que atraem a alma através de suas energias similares. No Japão isso ocorre com frequência, especialmente em ambientes de grande fluxo de pessoas.

- Dizem que os lugares mais assombrados do país ficam, em sua maioria, em Hokkaido, norte do Japão.



Capa do livro "Os 100 lugares mais assombrados do Japão"


Aqui temos um video, selecionado pela Raquel, de um programa Japones de casos Sobrenaturais. Nesse episódio: FOTOS FANTASMAS...



Bons Pesadelos...
PS: Nada de fantasmas por 1 mês ;)

48 comentários:

  1. Realmente a cultura oriental possui fortes traços do sobrenatural como foi explicado acima...Não sei como o Ghosthunters Internacional ainda não foi no sudeste asiático rsrrs

    ResponderExcluir
  2. E depois o povo fica reclamando do Brasil!XD
    Eu entendi algumas partes do vídeo, mas teve vezes que não deu para entender nada. Podiam ter botado legendas.
    Agora, a parte do texto, eu adorei! *-*
    Realmente esse post já vale um mês inteirinho de fantasmas aqui no MEDOB. Ela falou coisas aí muito interessantes e boas de saber. :D

    ResponderExcluir
  3. Lulu

    srsrs aaa eu tava com pressa pra lança esse post, o texto ta mt bom :)
    A idéia do video veio depois só pra complementa. E depois não ler comentários tipo "nem li".

    Vou falar com ela e ve se ela legenda depois ^^
    vlw pelos comentários
    Bjão :)

    ResponderExcluir
  4. Ah OK! :D
    Bom, vou esperar as legendas. E sim, o texto é bem legal!
    Vou dar uma dica pra você MEDO: Quando for fazer postagem de fantasmas, não bote apenas fotos. Pois pode correr o risco do povo ficar dizendo que é Fake. Bote alguma outra coisa junto, que nem você fez com o vídeo nesse post. Na verdade o principal é o texto, mas tem o vídeo só pro povo não ficar dizendo "nem li", que nem você falou antes! Bom... Pode não mudar muita coisa, mas é bem melhor que só botar imagens e depois ter que ver o pessoal reclamando do blog!:P

    ResponderExcluir
  5. Nossa, esse texto foi muito bom!
    eu vi em um site um texto sobre um túnel abandonado que é muito mal assombrado, mas não consegui achar quase nada a respeito.
    se puder falar algo a respeito, eu ficaria muito grata.

    ResponderExcluir
  6. Adorei a matéria, a cultura japonesa é muito intrigante, acho que é por isso que as pessoas adoram.
    Bacana mesmo...

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o post. Ela poderia escrever mais sobre essas coisas, o japão é muito interessante mesmo nesse aspecto.

    ResponderExcluir
  8. Leio sempre o MedoB. Sou aficcionado por fantasmas e histórias sobrenaturais. Adoro qualquer coisa relacionada a cultura japonesa, me considero inclusive um RONIN (SAMURAI SEM MESTRE). Quando se misturam as duas coisas e ainda são escritas dessa maneira plena, completa e cheia de detalhes, a unica coisa que eu posso dizer é:
    Raquel, eu estou apaixonado por você!!!

    ResponderExcluir
  9. uaaal , adorei o post. Parabéns a vocês do Medo B e parabéns a Raquel , escreve muito bem e é super objetiva :D
    eu não tinha ideia de como a cultura japonesa era intrigante e ao mesmo tempo super interessante.

    ResponderExcluir
  10. Caramba gente, pow adorei o texto, como disse o pessoal, bem claro e objetivo, adoro o Japão tbm, gosto tanto que me considero um japonês (sou descendete de japones e isso foi sim uma piada com o comentario do amigo acima... fikdik). Raquel, meus parabens, Medo, meus parabens tbm por dar espaço a leitores e coloboradores... sucesso, e sim, este foi um dos unicos textos que li aqui q eu li até o final... fake, sempre leio todos xD

    ResponderExcluir
  11. Realmente esse post foi excelente. Sinceramente bem Raquel poderia fazer alguns posts de tempos em tempos. Ainda nem vi o video mas só pelo texto explicando já deu para admirar o conhecimento. Realmente você teve sorte em estar país mais sobrecarregado . Mas poderia narrar alguma experiência própria em algum comentário ou post \o/.

    ResponderExcluir
  12. eai gente,eu sempre leio e fico apar de tudo q rola aqui no medo b mais achoq nunca fiz um comentario,acho q e pelo fato de eu se meio preguiçoso XD,eu so meio viciado nesse negocio de sobrenatural e literalmente so um japones em orpo de brasileiro,devo se rencarnaçao de algum de algum otaku 0o,bem so pra dexa mais claro quem eu so,eu so o anjoninja uploader do site animes foda
    e eu tb gostaria de dar uma ajuda pro medo b ,pq eu sempre to sabendo de lendas,apariçoes e etc... ,fora q eu tb como nossa amiga Raquel ,tenho algumas teorias
    sobr tudo quanto e coisa XD
    entao e isso vo ve se mando algumas coisas interessantes pra vcs depois ^^

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pelo texto Raquel,uma´boa dose de cultura que eu me interesso.

    É fato que o Japão possui uma cultura das mais intrigantes,é um país cheio de mitérios ao meu ver.

    ResponderExcluir
  14. amei o post, principalmente a parte das casas mal assombradas.
    sempre achei o japão bem interessante (:

    ResponderExcluir
  15. Que legal! Esse foi um mega post.
    É verdade os japoneses são bem reservados mesmo, é como eu digo a alguns amigos otakus que sonham em ir pro Japão: "na verdade os mangás têm tudo o que os japoneses querem e não têm, ou seja, olhos grandes, mulheres peitudas e pessoas descontraidas". Não generalizando mas de certo modo aqui é o país da farra e lá da seriedade... de certo modo claro XP

    ResponderExcluir
  16. Agora minha idéia é trazer um Mexicano para falar dos UFOs no México kkkkkkkkkkkk :)

    ResponderExcluir
  17. Muito bom... adorei vale msm esse post por um mes muito bom poderiam legendar msm ai vai ficar d+...Eh bom de vez em quanto ah gente saber um pouco da cultura do Japão.Medo b Parabéns.

    ResponderExcluir
  18. Lendo o post na parte

    "Sempre que posto fotos ou videos do Japão vem aquele comentário "Porque só tem fantasma no Japão e UFO no México ?" senti que foi pra mim. ;p

    hsahsahashuas

    Nunca consegui ver um post sobre fantasmas no Japão, ou um Post sobre UFOs no México sem ter um olhar critico xD

    Mas enfim... Ótimo o artigo, vlw aí Raquel!

    ResponderExcluir
  19. Obrigada gente *-*
    Fiquei muito feliz que tenham gostado, mesmo *o*

    Eu gosto muito de escrever e estou vendo com o Medo de providenciar as legendas pro vídeo pra que vocês consigam entender melhor :)

    É realmente bem interessante ;)

    ResponderExcluir
  20. Otimo post ;)

    Realmente esse post já vale um mês inteirinho de fantasmas aqui no MEDO B [2]

    Parabens Raquel ;)

    ResponderExcluir
  21. Raquel está de parabéns mesmo! Um ótimo texto e como uma galera aí disse: é bastante objetivo. De modo que não ficou cansativo de ler, muito pelo contrário! Eu amei ler esse texto. Logo eu, fascinada pela cultura japonesa. ^^
    Um ótimo post, estão de parabéns!

    ResponderExcluir
  22. Simplesmente sensacional esse post!!!!!

    Parabéns Raquel!

    ResponderExcluir
  23. Cara, PERFECT. LINDA INTELIGENTE JAPONESA...sem comentários. Parabéns medob!!!

    ResponderExcluir
  24. A loks um post muiiiito beem feito!

    ResponderExcluir
  25. Nossa , esse post ficou sensacional! Eu já tinha alguma noção a respeito dos suicídios que ocorrem no país desde a época dos samurais até os dias de hoje . Lembro que o filme Suicide Club ( Suicide Circle
    Jisatsu Saakuru / O Pacto ) abordou esse tema .
    Está de Parabéns Raquel!!! =D

    ResponderExcluir
  26. Olha a Kelzinha fazendo sucesso!
    O povo adorou o post e eu também, apesar de não acreditar nessas paradas desse jeito!
    Sim, eu sou chata!

    Parabéns Kelzinha!!!

    ResponderExcluir
  27. Isso foi muito esclarecedor. Sob vários aspectos. Muito boa idéia e excelente o texto da Raquel. Imagino a dificuldade que os Japas não tinham pra falar o nome dela! rsrsrs Quanto ao vídeo não entendo a segunda foto! A menina do meio com o celular é o fantasma?? E fantasma usa celular?? Sacaram que até o jeito de sentar no chão doa homens é diferente do das mulheres? E nunca vi programa sobre fantasma que o povo fica falando piadaas e rindo.. oxe!

    []

    ResponderExcluir
  28. adorei esse poste, meu muito da hora, como adoro cultura oriental vixiiiii, muito bom, o video assiste pela metade, uahahuahuhauuah, to sozinho e tenhu medo de ver anoite huauhahuahuahu, mas é bom o texto e o video, espero que legendem., qualquer coisa se traduzirem, eu posso legendar, colocar as falas nos tempos e tudo mais.

    falows.

    ResponderExcluir
  29. como sempre medo b ficando cada vez melhor do caraleoooo parabéns!!:)

    ResponderExcluir
  30. Eu tenho certeza que a quantidade de assombrações no Japão supera em muito as do nosso país. Então estamos melhor... ou não!? rs

    ResponderExcluir
  31. Acabei de assistir o vídeo e fiquei imaginando a seguinte situação. Um japonês tímido que se descobre morto. Ele pensa: "Pra que se esconder? Agora eu quero sair em tudo que é foto!" rs
    Falando sério agora (se isso for um assunto sério), o fato de o japonês ficar preso à matéria após a morte, tem muito a ver com as crenças dele antes de morrer. Desde a religião até a cultura do Japão favorecem a ligação deles no mundo material.
    Agora seguindo um pensamento mais cético, claro, é tudo "fake". As fotos mais verdadeiras nunca irão convencer um cético. Será que com toda a tecnologia e empenho japonês não descobriram que as fotos eram "fake"?

    ResponderExcluir
  32. Gostei muito do post, concordo com o q ela diz sobre almas de pessoas q ainda estão vivas aparecerem em algum lugar q seja familiar a essa pessoa.

    ResponderExcluir
  33. Eu sou do tipo de pessoa q eu apaixonada pro tudo q vem lado do nihon *-*
    as historias e lendas de fantasmas deles saum as mais facinantes !!
    eol realmente adorei mto este post :3

    ResponderExcluir
  34. ei olha a primeira imagem nela o telhado da casinha sei la o q é tem uma suastica

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  36. Finalmente um post que preste, muito bom!

    ResponderExcluir
  37. Parabéns á Raquel pelo post, realmente ficou muitíssimo interessante, não parei de ler até terminar. Sabe, que tal se houvessem outros posts como este, feitos pela Raquel só que aprofundando um pouco mais os detalhes?

    ResponderExcluir
  38. Dizem que no Japão não há divisão de pessoas em que acreditam ou não acreditam em fantasmas, mas sim pessoas que viram ou não viram.

    ResponderExcluir
  39. eu já amo o japão de qlqr jeito, mas com este post só gosto muuito mais .
    ficou muuito bom ,e quase sempre to aqi, embora nunca comente . mto bom o site !

    ResponderExcluir
  40. e um post de fantasma do japao atras do outro so tem fantasma no japao?

    ResponderExcluir
  41. Nossa senhora os irmaos winchester iriam trabalha demais ai em acha sal grosso kkkk

    ResponderExcluir
  42. aaanw, super amo cultura oriental, sou loucamente apaixonada pelo Japão, obrigado pelas informações, amei *O*.

    ResponderExcluir
  43. gentem, não to me aguentando em ver vocês falaram de UFO, na hora me lembra o vídeo do UFO PORNO HUAHEUAHEUAHUA http://www.youtube.com/watch?v=PHKdaqLysAY

    ResponderExcluir

Não é permitido Spam nem divulgações aqui nos comentários.