7 de julho de 2010

Mokele-Mbembe

Bem, o Medo já avisou no Twitter, mas, para aqueles que não o tem, avisarei aqui: Infelizmente o superior está sem internet, então eu, Hika, serei a responsável pelo post de hoje!

A Criptozoologia está de volta!

-----------------------------


O Mokele-Mbembe (Mokèlé-mbèmbé - que significa "aquele que interrompe o fluxo dos rios") é uma estranha criatura que dizem viver no rio Congo (O maior rio da África oeste). É uma das criaturas mais vistas no ramo da Criptozoologia (mesmo que o seu "eu verdadeiro" não seja visto). Os moradores da região do Congo, alguns lagos próximos e de Camarões, relatam constantemente ver a misteriosa criatura.

1. Descrição

A aparência do Mokele-Mbembe varia muito, como toda boa criatura criptozoológica. Dizem que o Mokele é herbívoro, e tem aproximadamente o tamanho entre um elefante pequeno e um hipopótamo grande. Possui um pescoço longo, cauda longa, e cabeça pequena (Bem semelhante aos extintos dinossauros pescoçudos do grupo Saurópode como o Braquiossauro, só que uma versão miniatura), tem preferência por águas profundas, e sua cor é cinza ou marrom.
Há também lendas que dizem que o Mokele não passa de um espírito que assombra as curvas dos rios.

O biólogo Roy Mackal - que já partiu em busca do Mokele, sem sucesso - acredita que a criatura é um réptil, assemelhando-se com uma iguana ou um lagarto monitor. Embora seu tamanho (5 a 9 metros de comprimento) não seja em nada parecido com qualquer criatura existente. Roy Mackal também acredita que pode se tratar de um dinossauro saurópode pequeno.

Iguana

Lagarto Monitor
Dinossauros Saurópodes


2. Aparições

As aparições do Mokele começaram a ser relatadas juntamente com as expedições feitas à África por colonizadores. Moradores locais já diziam ver a tal criatura em detalhes, mas só após a chegada dos europeus é que a lenda começou a se espalhar, ganhando a fama criptozoológica.
Temos, por exemplo, o relato do capitão Freiherr von Stein zu Lausnitz, que em 1913, enquanto implantava colônias alemães no atual Camarões, escreveu em seu diário a descrição de uma criatura que seus guias disseram ver:
"O animal é descrito como sendo de uma cor cinza-amarronzado, com pele lisa, o tamanho é quase que o de um elefante, ou pelo menos o de um hipopótamo. Dizem que tem um pescoço longo e flexível, e apenas um dente, mas bem longo; alguns dizem que é um chifre. Poucos falaram sobre a longa e musculosa cauda, parecida com a de um crocodilo. Contam que as canoas que se aproximam estão condenadas; o animal ataca as embarcações de uma vez e mata a tripulação, mas não come os corpos. A criatura vive em cavernas que foram lavadas pela água do rio, levando a argila de sua costa e deixando pontas afiadas. Dizem que sobre a costa uma vez por dia em busca de comida; sua dieta é totalmente de vegetais. Essa característica discorda da possível explicação de que seria um mito. A planta preferida me foi mostrada, é um tipo de "liana" com grandes flores brancas, com frutas leitosas e semelhantes à maçãs. No Rio Ssombo, me mostraram um caminho que diziam ter sido feito pelo animal quando este foi buscar comida. O caminho estava fresco e havia plantas, como a que foi descrita, por perto. Mas como há muitas trilhas feitas por elefantes, hipopótamos e outros grandes mamíferos, é impossível fazer uma análise particular com qualquer certeza."
No total, mais de 20 expedições foram feitas para encontrar o ser, no entando, a maioria delas foi um fracasso completo, mas algumas relataram com sucesso encontrar pegadas, ouvir sons e até mesmo ter avistado a criatura de longe (A maioria dessas aparições não contavam com a presença de câmeras, apenas uma expedição japonesa, de 1988, jura ter filmado o monstro, mas esta filmagem já foi considerada fraude oficialmente.)

A "busca" mais recente ao Mokele-Mbembe foi em 2009, quando a equipe do programa MonsterQuest (do canal The History Channel - Terças e Sábados, às 21hrs) foi à África tentar encontrar a criatura. O Mokele não foi oficialmente achado, mas a equipe encontrou uma caverna propícia para a moradia de tal criatura, e filmaram estranhas formas serpenteantes na água, como se algo grande e longo nadasse sob ela.

3. Fotos

Existem pouquíssimas fotos do Mokele-Mbembe propriamente dito, além de fotos de pegadas:


Foto comprovada falsa - pelo que dizem






Mas, como sempre, suspeita-se abertamente das fotos. Apenas as das pegadas chegam próximas de serem plausíveis, mas sem nada confirmado.
Haveria mesmo um fóssil vivo na África?(Mais um, aliás, lembrem-se do Kongamoto), se sim...Haveria mais de um?
Lembrando que boa parte da floresta do Congo (e de muitas outras na África) são inexploradas pelo homem ainda, ou seja, é impossível saber o que se esconde por entre as árvores, dentro de cavernas escuras, ou na parte mais profunda do Rio Congo.

Bons Pesadelos...

18 comentários:

RenanG disse...

First lol

RenanG disse...

Então ta na hora de alguem explorar essas partes não exploradas ainda, preparem suas mochilas e sacos de dormir, quem vai de um passo a frente !!! lol

Brunão disse...

São muito legais esses posts de animais curiosos. Deve ter muitos que a gente não conhece, mas esses aí parecem ser mesmo folclore e imaginação da galera.
Um cara diz que viu, os outros acreditam tanto que acabam vendo... mesmo sem existir!

Abraço

Ei-chan disse...

Sabendo que existem partes inexploradas, acabei acreditando, não exatamente nesta criatura, mas acredito que possam existir muitas que ainda não conhecemos, fósseis vivos, mas por seus hábitos e pela população(que no caso dessa criatura se trata dele só) não são encontrados. Deve-se lembrar que toda lenda é baseada em algo, sempre que se fala de criaturas como essa as maiores informações estão em relatos bem antigos, talvez porque o povo fosse mais supersticioso. no relato diz q o mokele atacava as embarcações, se fosse verdade isso deveria acontecer até hj. acho q ja falei demais...

PESCADOR disse...

eu ja vi um desse na minha frente e enfrentei ele com arpoes


ese bichinho ai nao e nada perto do que eu ja pesquei

icedeb disse...

Esse mbembe não era um tipo de pterodactilo? Já ouví falar de um bicho raro que tem forma de pterodactilo, mas não sei se era na África mesmo...

Gisele disse...

Estava com saudade dos posts de criptozoologia.

Esse post me lembra sobre uma teoria de que alguns dinossauros sobreviveram, pois muitos animais criptozoológicos, como o próprio Mbembe, são semelhantes a dinossauros

Ana disse...

icedeb, acho que esse que vc tá dizendo é o Kongamoto, que a Hika menciona no post!

super legal o post *-* acho curioso pensar que, tipo, colonizadores falavam sobre o animal e talz, mas supondo que ele não exista, de onde criaram isso? hahaha

ctr disse...

oi gente,so queria pedir para o medo b pesquisar sobre um taos hum,e um ruido misterioso,tipo o bloop,fiquei curioso

Elriolt disse...

Lol eu jogava de mokolé em lobisomem o apocalipse (rpg) =P

Curto muito os posts de criptologia, parabéns Hika ^^

Ji-Chan disse...

bom, acho assim, se ainda existem lugares onde o homen ainda naum viu pode ter um pouco de vdd ki elas podem existir, pois porq td ki o homen ve o homen mata, eh poir isso ki esses bichos se escondem rs...

Esse mundo eh mtu estranho...

Sab, naum acredito mas eu naum duvido

Ji-Chan disse...

Gostei do ke a Ei-Chan falou... Concordo ^^

César disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
quem tirou a foto numero quatro pensa q engana alguem ta na cara que e do filme anaconda 2 no começo quando ela persegue o indio pela cachoeira!

giovanna disse...

esse bicho parece o Crusoé do filme Meu Monstro de Estimação ...

WILLIAM MORAES CORRÊA (OS FOLIÕES) disse...

Esse Muleque Muleque mambembe TRELELÉ PARECE MAIS UM PLESSIOSSAURO, NÃO UM PTERODÁCTILO (ESSES NÃO NADAM, DÃÃ) NEM BRANQUIOSSAURO. gGNTE, É SÓ O MONSTRO DO LAGO NESS TIRANDO FÉRIAS NA ÁFRICA, QUE ESTÁ CHEIA DE LENDAS SOBRE MONSTROS MARINHOS, FLUVIAIS E LACUSTRES. DAÃÃ CADA UM TEM O MONSTRO QUE MERECE.

LUI disse...

oa galera.... não podemos descarta a teoria de que dinossauros foram totalmente extintos, até por que ele não foram totalmente erradicados n chuva de meteoros, foi comprovado que algumas especies morreram durante a era glacial

82601681 disse...

Muito show seu site o dono esta de parabéns se quiser pode colocar o link dele no meu site:

 Tatuagens masculinas 
Tatuagens de dragões 
Tatuagens nas pernas  
Tatuagens tribal  
Tatuagens de carpa  
Tatuagens de fênix  
Tatuagens de tigre  
Tatuagens de águia  
.

Básia Malfatti disse...

NESSIE NÃO É SÓ NA EUROPA NÃO
Teve um ep do monsterquest que tratava dum bicho bem parecido na costa dos EUA e do Canadá, e, bom, agora tem mais essa variação.
Não quero nem ver a variação da Austrália!! Quando você acha que já viu tudo, vem a Austrália e tE JOGA UMA BARATA DE 30 CM NA CARA (sei que é só um crustáceo, mas pow xD)