28 de fevereiro de 2011

As Flores da Morte

Conta-se que uma moça estava muito doente e teve que ser internada em um hospital. Desenganada pelos médicos, a família não queria que a moça soubesse que iria morrer. Todos seus amigos já sabiam. Menos ela. E para todo mundo que ela perguntava se ia morrer, a afirmação era negada.

Depois de muito receber visitas, ela pediu durante uma oração que lhe enviassem flores. Queria rosas brancas se fosse voltar para casa, rosas amarelas se fosse ficar mais um tempo no hospital e estivesse em estado grave, e rosas vermelhas se estivesse próxima sua morte.

Certa hora, bate a porta de seu quarto uma mulher e entrega a mãe da moça um maço de rosas vermelhas murchas e sem vida. A mulher se identifica como "mãe da Berenice". Nesse meio de tempo, a moça que estava dormindo acordou, e a mãe avisou pra ela que a mulher havia deixado o buquê de rosas, sem saber do pedido da filha feito em oração.

Ela ficou com uma cara de espanto quando foi informada pela mãe que quem havia trazido as rosas era a mãe da Berenice. A única coisa que a moça conseguiu responder era que a mãe da Berenice estava morta há 10 anos.

A moça morreu naquela mesma noite. No hospital ninguém viu a tal mulher entrando ou saindo.



Esse é um conto antigo, que alguns afirmam ser verdadeiro... Dizem que ele até ganhou uma versão na tv pelos anos 80. Se alguém souber onde tem, ou em que série foi fale nos comentários...
Também não sei o autor da história.

Dica da leitora Geovana
Bons Pesadelos...

21 comentários:

  1. First!!!

    Bom post, realmente um pouco estranho!!!

    ResponderExcluir
  2. Lembro-me de ter assistido algo assim uma vez, na televisão.

    Mas foi um pouco diferente, eram apenas flores brancas ou vermelhas, e no caso a moça recebe flores brancas, e ao perguntar à mãe quem havia entregado-lhe as flores para que pudesse agradecer, e o fim se segue como foi dito, ela dizendo que a pessoa em questão já havia morrido e etc.

    Outro pequeno detalhe de diferença, é que ela estava na casa dela, e não no hospital.

    Se não me engano foi até no Ratinho que passou isso!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, gostei muito desse conto, já ouvi histórias parecidas... Mas é realmente bom, adoro ler esses tipos de contos ^^

    ResponderExcluir
  4. a mesma história esta em um livro chamado "Eles continuam entre nós" de Zibia Gasparetto...
    Demorei pra achar o livro... Mas a história é a mesma, e realmente é real ^^

    ResponderExcluir
  5. Ja ia esquecendo... Medo pode me passar seu e-mail?

    ResponderExcluir
  6. Bastante misterioso. Post curto mas muito interessante.

    ResponderExcluir
  7. huhuhu amei *-*
    minha família tem várias dessas histórias...

    ResponderExcluir
  8. o medob me desaponta cada vez mais. volta com as coisas que me deixavam com medo. era tão legal :/

    ResponderExcluir
  9. Bonbejo

    Email do MEDO: jmpomo@gmail.com


    Eu achei galera a história bem clássica e pq não assustadora.

    MEDO B

    ResponderExcluir
  10. Nossa, muito legal, gostei bastante! Mais ainda se tiver sido real.

    ResponderExcluir
  11. Isso é velhão, li isso pela primeira vez faz anos.

    ResponderExcluir
  12. CARAMBA, muito massa ^^
    Será que realmente foi verdade? Sempre tive curiosidade com isso ^^!

    BOM POST MEDO ;)

    ResponderExcluir
  13. Bom galera..pra quem leu o post inteiro, foi baseado em fatos reais..sim, é velho pra quem era adolescente nos anos 80, então nem todos conheciam.. junto com ele vários casos passaram na tv; essa era a mais "levinha" e foi retirado do ar após a 12ª historia, pq que se tornou impróprio pro horário(na verdade deixou muita gente sem dormir =P)Como disse o(a)Taguti o episodio da tv foi bem como ele descreveu mas, "quem conta um conto aumenta um ponto" foi um pouco modificado na net..se alguem descobrir o nome da série, adoraria reve-los..
    bjs Geovana

    ResponderExcluir
  14. Jáh tinha ouvido uma historia parecida mas o post esta mt bom mesmo ^^

    ResponderExcluir
  15. Então sou um jovem senhor que assistiu este episódio no fantástico, lembrar do ano é um pouco demais, mas foi na decada de 80 a Chamava-se "A mulher que pediu rosas a santa Teresinha", quem interpretava era Maitê Proença, e era isso mesmo a história, rosas brancas, amarelas e vermelhas, até achei coicidencia d+ ler um resumo tão fidedigno a história, só que na história do fantastico quem recebia as rosas era o pai quem fazia era mauro Mendonça.É isso! Abraços!

    ResponderExcluir
  16. SE FOI VERDADE, NÃO SEI. EU SEI É QUE A GEOVANNA ESCREVE MUITO BEM. PARABÉNS, MENINA,. CONTINUE OS BRINDANDO COM ESSES TESOUROS. APLAUSOS! APLAUSOS!

    E SEM FRESCURA DE "FAKES".

    ResponderExcluir
  17. Muito mal redigido o texto, muito confuso.
    Favor melhorar suas concordâncias em português. Talvez seria melhor você começar a ler livros.

    ResponderExcluir
  18. Sim, eu assisti no decorrer dos anos 80 no Programa Fantástico (TV Globo).Havia uma série intitulada:"Contos do Almirante".Era tudo de mistério.Foi Maitê Proença quem fez a moça, no hospital.Algum colecionador de filmes, deve ter para vender.
    tioze.artes@bol.com.br

    ResponderExcluir
  19. http://globotv.globo.com/rede-globo/video-show/v/relembre-fantastico-extraordinario-episodio-as-rosas-de-santa-terezinha/2792382/

    ResponderExcluir

Seu comentário será aprovado em poucas horas.
Não é permitido Spam nem divulgações aqui nos comentários.