23 de maio de 2011

Advogado do Diabo


O modo para se torna santo foi modificando ao longo do tempo, inicialmente os primeiros santos da Igreja foram pessoas consideradas mártires. Depois para torna-se canonizado era necessário a aprovação de um bispo local. Na idade das trevas (idade média), a Santa Sé que ficava responsável por tomar a decisão – depois de um longo processo de investigação – de canonizar ou não alguém.


Retrato do Papa Sisto V (Felice Peretti)

Por volta de 1857, o Papa Sisto V, para aperfeiçoar o processo de canonização, criou dois cargos que debateriam os prós e contra do candidato a santificação. Esses cargos foram denominados de Advogado de Deus (Advocatus Dei) e Advogado do Diabo (Advocatus Diaboli).


Advogado do Diabo entrevistando testemunhas

O oficio do Advogado de Deus, era argumentar de forma favorável ao candidato à canonização e o Advogado do Diabo fazia o oposto. O Advogado do Diabo procurava por falhas nas evidencias de milagres atribuídos ao candidato, com uma visão cética. Por muitas vezes o escolhido para exercer a função de advogado do Diabo não pertencia a Igreja Católica.
Mas esses cargos foram abolidos pelo Papa João Paulo II, em 1983, modificando o processo de canonização para algo mais rápido e simples. Essa mudança criou certa polêmica dentro da própria Igreja, pois antes quando havia o Advogado do Diabo apenas 98 canonização foram aceitas, no período de 1900 a 1983, com a retirada deste o numero subiu para 500 canonizados.
O livro O advogado do diabo de Morris West, aborda o assunto narrando à história da canonização de um beato Giacomo Nerone, é um romance bastante elogiado pela critica, com uma mensagem forte e final surpreendente, vale apena ler.


O livro vende AQUI


Post da Manuh
Bons Pesadelos...

18 comentários:

Bivar disse...

Um post diferente aqui no Medo B, porém que não foge do assunto. Muito interessante, mas achei que deveria ter só abordado mais um pouco sobre o assunto... MAS, deixou na curiosidade e deu a vontade de ler o livro e saber mais sobre o Advogado do Diabo ;)


Obs.: Eu achei que vocês iriam falar sobre o filme quando eu vi o link no twitter HAHAHAHA

Marco Silva disse...

Engraçado ver que a Igreja canonizou 500 pessoas depois que o cargo de advogado do diabo deixou de existir...

Quero ver se aqui na minha cidade encontro esse livro... se não, vai por sebo mesmo :D

Bivar, tive a mesma impressão que era sobre o filme heiauueihawiuehwaiuhe

Sora disse...

Muito interessante essa matéria! Parabéns ao MedoB! Fiquei curiosa para conhecer o livro também, vou procurá-lo. :-)

Marta Macêdo disse...

Poxa, legal a materia! Gostei!

Irei procurar aki na minha cidade tb, ou na net ou entao no sebo mesmo! heheheheehhe parece ser uma boa historia a desse livro! =)

Admito q tb axei q o medo falaria do filme "Advogado do Diabo" xD

dasilva_semnome2 disse...

Belo post, mas acho que serviu apenas pra fazer uma diculgação do livro. Fiquei interessado em saber quais argumentos os advogados do diabo usavam. ^^

WwE disse...

O Post foi pequeno, pro povo comprar o livro OEOIOHOIIOEIOHIOEH

Mais é interessante, nao curto ler livro se nao até comprava esse.

Babbi disse...

me chamaram de advogada do diabo .. kk nada ave, mais gostei do post

eraumavezchaplin disse...

Óbvio que a igreja aboliu tal método...pois as pessoas que pensam não estão na igreja, mas sim fora dela...aí como eles - o pessoal da igreja - gostam de tudo muito fácil, simplesmente tiram. Igrejas...pff.

Jon_Arisa disse...

Muito interessante esse post... mesmo... muito bem explicado!!! *o*

Letícia B. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Letícia B. disse...

O texto tá bem escrito,tem um monte de informações que eu não sabia e pá.Mas sei lá,é bem legal revisar o português antes de postar. ._.

JM disse...

WwE

É uma pena que você "não goste de ler" infelizmente qd um leitor comenta isso, os comentários dele perdem qualquer moral pra mim...

MEDO B

Gabriel Jorge/Salex disse...

Cada dia mais aprendo sobre minha própria Igreja!

@zoomintomel ♥ disse...

Eu tenho esse livro, mas nunca o li. Depois dessa matéria, estou muito curiosa e com certeza vou ler.

manuh disse...

quando escrevi o post a intenção ñ era exatamente divulgar esse livro rsrs, ele serviria apenas pra complementar já q o ele não aborda 100% do q é um advogado do Diabo, afinal o livro é um romance queira ou ñ ele fujirá um pouco do tema. Assuntos sobre religião principalmente da Igreja Católica, são difíceis de procurar, por isso escrevi pouco sobre isso =/

Gisele disse...

Eu já tinha ouvido falar de advogado do diabo mas não sabia exatamente o que era. Bom post, bastante esclarecedor e pramim, esses advogados deveriamj exitir ainda.

82601681 disse...

Muito show seu site o dono esta de parabéns se quiser pode colocar o link dele no meu site:

 Tatuagens masculinas 
Tatuagens de dragões 
Tatuagens nas pernas  
Tatuagens tribal  
Tatuagens de carpa  
Tatuagens de fênix  
Tatuagens de tigre  
Tatuagens de águia  
.

kinho disse...

aparentmente é um belo livro vou ver se acho por aki