24 de julho de 2012

Pesadelos

Todos os dias meu objetivo aqui é fazer você ter pesadelos... Mas olha só, estudos recentes mostram que pesadelos podem ser uma coisa boa! Tem até uma dica no final pra você vencer os pesadelos...



Estou em uma praia paradisíaca em Bora Bora. A água é azul-turquesa, a areia é muito branca, o dia está ensolarado. De repente tudo faz silêncio. Olho para o mar e vejo ondas gigantescas se aproximando. Vinte, 30, 40 metros de água chegando cada vez mais perto. Saio correndo para me proteger. Entro em um castelo medieval (?) e tranco as portas, mas as ondas o destroem. Continuo correndo. Entro em outra casa para me esconder, mas a maré também a engole. É então que acordo, apenas para reconhecer minha cama quentinha - e adormecer de novo. Começo a sonhar outra vez. Agora estou de férias num parque de diversões, cuja grande atração é a casa mal-assombrada. Lá dentro, leões que andam sobre duas patas e vestem cartolas e bengalas serão alimentados com bebês humanos. Angustiada, tento salvar as crianças, mas tudo que consigo é atrair a atenção dos leões para mim. Mais uma vez, saio correndo para fugir das feras. Corro tanto que chego ao fim do parque, à beira de um desfiladeiro. Estou tremendo de medo - e acordo. Foram dois pesadelos na mesma noite, mas não estou assustada. Nos últimos anos, já fui enterrada viva, participei de sessões de canibalismo, vi crianças se matando, comi ratos vivos, fui envenenada e morri centenas de vezes. Faço parte dos 2 a 6% da população mundial que tem pesadelos recorrentes, mais de uma vez por semana (no meu caso, quase todos os dias). Mas sou apenas o exemplo extremo de algo que todo mundo tem: sonhos ruins - que têm lógica, importância e significado próprios dentro do delirante mundo dos sonhos.

Ter muitos pesadelos, na verdade, não é coisa extraordinária. Um dos maiores estudos já feitos sobre conteúdo dos sonhos, que analisou 500 homens e 500 mulheres, mostrou que é muito mais comum sentir medo, ansiedade e apreensão durante a noite do que alegria ou felicidade. E que, em um terço dos sonhos, a pessoa passa por algum grande "infortúnio": doenças, ameaças, morte. Elementos sobrenaturais são comuns (alô, leões bípedes de cartola?). Durante a infância, quase metade das crianças tem pesadelos todas as semanas. Na vida adulta, as mulheres sofrem mais com eles do que os homens, e fortes emoções são mais frequentes nos sonhos delas - 57% contra 41%. (Isso faz sentido porque, ao longo do milênios, mulheres foram vítimas mais frequentes de ataques e violência.) Pesadelos fazem parte da vida noturna de qualquer pessoa, o que indica que talvez tenham alguma função evolutiva, e sejam pouco mais do que apenas um capricho do cérebro dormindo.

[leiamais]

Uma das teorias que explicam a importância dos sonhos ruins vem do psiquiatra Allan Hobson. Para ele, pesadelos são uma espécie de treino para situações de perigo. Fomos selecionados durante milhões de anos de evolução para ter um cérebro que é naturalmente amedrontado - o que explica, por exemplo, o fato de o pesadelo mais comum ser o que envolve algum tipo de perseguição. Ou seja, aqueles que têm muitos pesadelos estariam em vantagem evolutiva, pois ficariam mais alertas e preparados na vida real. E, assim, teriam mais chances de sobrevivência. Neurologicamente, a teoria faz sentido porque uma das áreas mais ativadas durante o sono REM é a amígdala, aquele pedacinho do cérebro que controla a ansiedade e o sistema de fuga ou luta dos animais. "Quem tem mais sonhos desagradáveis fica mais regulado emocionalmente", diz Flávio Aloe, coordenador do Centro Interdepartamental de Estudos do Sono do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Mas, se existe um fator que os sonhos ruins realmente preveem, é a personalide. Quem tem pesadelos plausíveis, como não conseguir terminar uma prova a tempo, por exemplo, costuma ter grande capacidade de concentração e habilidade para separar o pensamento racional do emocional. Já as pessoas no outro oposto de personalidade têm dificuldade em distanciar a razão da emoção, são mais vulneráveis a situações de estresse, e passam boa parte da vida (acordada) viajando em pensamentos distantes. Mas nem tudo é ruim. "Quem passa a vida tendo pesadelos tem tendências artísticas e criativas que não são encontradas nos outros grupos", diz Patrick McNamara em seu livro Nightmares. São essas as pessoas agraciadas com sonhos de alienígenas e banquetes canibais.

Eu mando agora
Na teoria, não faz muita diferença se os seus pesadelos são banais ou esdrúxulos. O que importa é a sensação desagradável que eles causam. Mas, no limite, se os pesadelos forem recorrentes ou muito extremos, eles podem ter consequências negativas para a vida acordada (poucas coisas são piores do que sonhar que está sendo enterrado vivo, acredite). Pesadelos já foram associados a depressão, ansiedade crônica, esquizofrenia e até tendências suicidas. Por isso, não faltam métodos para ajudar a diminuir os sonhos ruins em casos crônicos. Uma das maneiras mais polêmicas - e que tem cara de ficção científica - é ensinar à pessoa que sofre de pesadelos recorrentes a ter sonhos lúcidos. Em outras palavras, é fazer com que o sonhador reconheça que está sonhando, entenda que todas aquelas ameaças não passam de criações da mente e tente modificar o enredo do sonho racionalmente. Alguns sonhadores experientes relatam conseguir voar e fazer sexo quando quiserem, e até escolher o cenário dos sonhos, no melhor estilo A Origem. E o assustador é que já há estudos que legitimam seus resultados.

O problema do sonho lúcido é comprovar sua existência. Como um cientista pode observá-lo se ele acontece apenas dentro da cabeça do sonhador? Para isso, Stephen LaBerge, um psicólogo da Universidade Stanford que dedicou sua vida a estudar esse fenômeno, encontrou uma solução. Ele pediu que os voluntários escolhessem o enredo de seus sonhos antes de dormir e indicassem com movimentos específicos dos olhos o momento em que começassem a sonhar (já que o olho não fica paralisado durante a noite). As ondas cerebrais e os sinais vitais dos voluntários eram medidos a noite toda. Como num milagre, a partir do momento em que os adormecidos davam o sinal de que estavam sonhando, as partes do cérebro e as reações do corpo combinavam perfeitamente com o tema do sono. Se a pessoa estivesse correndo, sua respiração ficava ofegante. Se ela estivesse voando, as áreas do cérebro ligadas a movimentos espaciais eram acionadas. "Isso explica por que os sonhos parecem reais. Para o cérebro, eles são reais", diz LaBerge em seu livro Lucid Dreaming. Foi o que ele precisou para ter certeza de que o sonho lúcido existia.

E o que isso significa para quem sofre de pesadelos constantes? Bem, que daria para afastar os perigos imaginários enquanto o pesadelo está acontecendo. Apesar de algumas descobertas de LaBerge ainda serem questionadas no meio acadêmico, poucos duvidam de que seja possível saber que se está sonhando (você já deve ter sentido isso também). Daí, para entender que aquele gremlin mutante que está prestes a comê-lo é apenas coisa da sua imaginação, é só um passo. Foi o que aconteceu comigo, involuntariamente, quando percebi que teria pesadelos toda vez que adormecesse. Certa noite, sonhei que estava caindo. Era uma queda angustiante, e vi que o chão se aproximava. De repente, percebi que não era a primeira vez que aquilo acontecia comigo - e que eu estava viva e que aquilo só poderia ser um sonho. Foi o que bastou. Nesse instante diminuí de velocidade e caí suavemente no chão. Depois desse dia, os sonhos inquietantes não pararam de aparecer - mas nunca mais deixei que me assustassem.


Como controlar seus sonhos?
O especialista Stephen LaBerge dá um passo a passo

1. Faça um diário
Anotar sonhos incentiva você a lembrá-los e prestar atenção quando ocorrem. Quando estiver acordado, pergunte-se sempre: "Isso é um sonho?"

2. Saiba que é sonho
Durante o sonho, tente ler objetos: se você não conseguir, é sonho. Dica: faça o mesmo acordado. Parece bobo, mas ajuda a transformar em ato inconsciente.

3. Redistribua o sono
O último passo é fatal: durma 6 horas; acorde, ande pela casa; durma mais duas. LaBerge garante que as últimas são ótimas para sonhos lúcidos.

POST ORIGINAL DA REVISTA SUPER INTERESSANTE



Eu recomendo mesmo você deixar um caderno do lado da cama e anotar seus sonhos quando acordar. Lembre-se até o jogo LSD foi criado a partir dessa idéia. Você tem menos de 10 minutos pra anotar o sonho, normalmente você vai esquecer dele depois disso...
Tem Coragem?

Bons Pesadelos!

48 comentários:

Marta Macêdo disse...

Interessante... não custa tentar. hehehehehehe é p/ mandar pro MedoB depois? hehehuehu

Assim todos compartilharão dos pesadelos uns dos outros... ;)

Yoran Muroni disse...

Eu já podia fazer isso desde criança e achava que todos também podiam, e a cerca de 4 anos atrás descobri que era pela grande quantidade de horas em jogos que tenho. :3

Yours To Hold disse...

Sabe uma coisa que me assusta muito mais que o pesadelo em si? Pesadelos (ou mesmo sonhos) repetidos várias e várias vezes, principalmente quando em GRANDES intervalos de tempo. Tipo anos.

HausOfAnderson disse...

Adoro ter pesadelos :3

Pedro Fernando disse...

Eu já mudei também, sonhos estranho mesmo, que tudo tinha pra dar ruim no fim eu faço que tudo termine bem pra mim, é estranho, mas já fiz.

Brujeria disse...

Já curei um trauma com o boneco assassino quando era novinho. hahahahahaha Eu tava tendo um pesadelo com o Chuck(pra variar) e de repente meu irmão aparece e senta a botina no boneco. Dai em diante sempre que eu tinha pesadelos com o desgramado eu quebrava ele de porrada. Se até meu irmão que era um fracote batia nele, eu quebrava ele sussa. hahahahahahahahaha

Brujeria disse...

Já curei um trauma com o boneco assassino quando era novinho. hahahahahaha Eu tava tendo um pesadelo com o Chuck(pra variar) e de repente meu irmão aparece e senta a botina no boneco. Dai em diante sempre que eu tinha pesadelos com o desgramado eu quebrava ele de porrada. Se até meu irmão que era um fracote batia nele, eu quebrava ele sussa. hahahahahahahahaha

Will100 disse...

Tipo, 10 minutos e esquece o sonho e talz. Mas ja faz 1 ano e meio que eu lembro do mesmo sonho, tudo certinho .-. Sem ter escrito nada.

J. Paulo disse...

Nossa teve uma época (uns 2 anos atrás) em que TODOS meus sonhos eram conscientes, eu adorava. E também tenho um pesadelo que se repete pelo menos uma vez por ano e eu lembro dele sempre.

Blubs disse...

70% dos meus sonhos são lúcidos.Eu consigo perceber claramente que tô sonhando e que nada irá me afetar realmente.
Uma vez tive um pesadelo com uma tsunami invadindo a cidade onde moro. Depois de muito, eu parei e pensei "Não, pera. Isso é só um sonho" ai então eu parei e fiquei olhando a onda gigante chegar até mim.
Eu acho legal isso, mas tem seu lado assustador. Nos pesadelos que eu sei que tô sonhando, eu tento várias vezes acordar e não consigo. É terrivel o medo de ficar sonhando pra sempre. Eu geralmente só consigo acordar quando morro.

Amanda disse...

Eu tinha (tenho) um diário dos sonhos, anotava tudinho depois que acordava, só que eu sempre sonhei muito, e todos os meus sonhos são cheios de detalhes e fica difícil lembrar de tudo, dai depois de umas semanas eu desisti. Nunca me ajudou em nada anotá-los.

Bruno Costa Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruno Costa Barbosa disse...

Para o Blubs e para todos que tem o mesmo caso, já que tu percebe que ta sonhando nos pesadelos tente esfregar bem os olhos com as mãos.Eu faço isso, pois tambem tenho sonhos lucidos, e consigo acordar quando tenho pesadelos.Dica,sempre deu certo comigo, quando estiver esfregando os olhos voce vai ficar meio dividido entre o mundo dos sonhos e o mundo real, mesmo assim continui esfregando os olhos porque se voce parar, voce retorna para o mundo dos sonhos.

dregon disse...

eu tava pensando faz umas três noites que sonho que sou perseguido por cachorros sempre que eles me alcançam eu acordo na terceira noite eu acordei e tava de pé no meio do meu quarto parecia real o sonho numa outra noite sonhei com uma garota saindo do quarto da minha mãe por incrivel que pareça ela era igual a garota do chamado quando ela me alcanço eu acordei eu não sei se é verdade mais nunca morro nos meus sonhos....mais eis a questão se eu morrer? se tornaria realidade '-'

Paaola disse...

Bem, o segundo passo, disse que era para tentar ler alguma coisa que estive no sonho e que se caso não consiga, você estaria sonhando, então eu sou a exceção eu consigo ler o que está escrito nos meus sonhos, e as vezes acordo com partes do meu corpo toda arranhada ou as vezes com hematomas diferentes nas coxas e braços.

Paaola disse...

Bem, o segundo passo, disse que era para tentar ler alguma coisa que estive no sonho e que se caso não consiga, você estaria sonhando, então eu sou a exceção eu consigo ler o que está escrito nos meus sonhos, e as vezes acordo com partes do meu corpo toda arranhada ou as vezes com hematomas diferentes nas coxas e braços.

Deborah Ramos disse...

Adoro esse tema! Eu tinha um diário de sonhos ao lado da minha cama, e anotava todo dia. Mas ter que acordar cedo e correr para ir trabalhar acabou com esse costume...
Só que só consegui ter 1 sonho lúcido a vida toda... Mesmo seguindo as técnicas...
Já meu namorado, só com a técnica do reality check (procura no Google), consegue ter os sonhos lúcidos direto!
Adoro ter pesadelos também! São muito mais divertidos que sonhos normais xD

Carla Santos disse...

Tenho pesadelos todos os dias praticamente, mas eu gosto deles,e inclusive já morri diversas vezes e aqui estoy. Eu me divirto neles e acabo tendo várias idéias que estranhamente me ajudam em várias áreas da minha vida. Sonhos lúcidos também já tive , você pode fazer o que quiser no sonho, é realmente uma experiencia muito legal, mas esses lúcidos são bem raros acontecer comigo.

guilherme disse...

Pros caras q num conseguem tentem piscar ou morder com pouca força a lingua

Depois eu sei de gente q estala os dedos mas eu abro meus olhos pra acorda

Euconsigo controla o sonho mas eeu sonho poucas vezes.

Uzumaki-san disse...

Legal, o ruim é que se eu acordar depois de 6 horas, eu não durmo mais =(
Sobre os pesadelos, bem, já me acostumei, acho até legal os mais "emocionantes" (outro dia sonhei que eu era um caçador de slender man xD). De um tempo para cá estou tendo um problema diferente, estou sonhando antes de dormir. No começo era estranho, mas já me acostumei =)

Marina disse...

Aleluia! Finalmente provaram que era possível mudar seu sonho. Eu faço isso desde pequena e ninguém acreditava!

Noir Line disse...

Que se dane o mundo dos sonhos eu vo la e volto e dane se tudo, pode apreçer ate legal de chapeu que sabe falar, grande coisa (yao ming face)kkkkkkkkkkkkkkk

Patricia disse...

Nossaaaaa eu sempre tenho sonho lúcido!! é muito bom, sério!! me lembro que sempre vôo nos meus sonhos!! e essa tática de fechar os olhos bem forte, ou esfregá-los, para acordar, sempre dá certo!!

Rafael Garcia disse...

Muito sonho que eu raciocinava e falava "Ei, isso é um sonho" mas era real demais pra ser um sonho, e quando acordava notava que perdia a oportunidade de ter um sonho lúcido ç.ç

eeeeeeeeeqregdgg disse...

Primeira vez que comento aqui, curto medo b ha muito tempo e nao posso deixar de dizer: Já tive muitos sonhos ruins, mas quando acordo ate rio deles, mas eu garanto e ja pesquisei com varios amigos que, assustadoramente ja sonharam com o mesmo e passaram pela mesma situação - NAO HA NADA PIOR DO QUE SONHAR CON OS DENTES CAINDO, ESTRAGANDO, DESTACANDO DA BOCA. Nao estou me referindo ao significado folclorico do sonho nao, estou me referindo ao sonho e somente ao pior sonho que alguém pode ter. Agora, porque eu nao sei.

Mariposa disse...

Controlo sempre meus sonhos e acho bem divertido. Uma dica pra quem quer saber se ta sonhando ou não é fazer algum teste quando bater a dúvida. Um exemplo é puxar um de seus dedos: se estiver sonhando ele vai esticar igual borracha! Pode também tentar atravessar algum objeto com as mãos, ou dar um pulinho e sair flutuando. As vezes faço esses testes quando acordada, só pra ter certeza, rs. O importante é se acostumar a se perguntar sempre: estou sonhando agora ou é real? E fazer o teste em seguida pra comprovar.

Thai Catedral disse...

Eu sempre controlei meus sonhos e ninguém nunca acreditou em mim, quando eu dizia que conseguia fazer isso. Só não consigo controlar os pesadelos que são sempre muito reais, mas nem ligo, adoro ter pesadelos, o chato é que quando eu percebo que não é real eu acordo, queria continuar dormindo e tendo aqueles momentos apavorantes de vida.

Unknown disse...

Outra dica para a hora de anotar os sonhos:
Ao acordar, tente fazer poucos movimentos. Vire-se para anotar no diário, mas tente não fazer movimentos muito grandes. Por algum motivo, a movimentação parece dificultar a memória (talvez você esteja reconectando ao mundo real nessa hora, daí vai esquecendo o que não pertence ao real a medida que acontecem coisas no real).

Claramente, ao acordar, registre o sonho de cara. Não vá ao banheiro antes, não interrompa a anotação para fazer nada, se não você vai começar a se lembrar de cada vez menos detalhes.
O ideal é um diário escrito, diários no computador são problemáticos por ter que esperar o PC ligar. Além disso, é mais difícil de fazer desenhos nele.

Hellen disse...

Post super interessante. ^^

Unknown disse...

A maioria dos sonhos são, na minha opinião, como que mensagens do subconsciente. Se parar para analisar os símbolos dele (de acordo com o que você sabe, e não com o que o mundo fala - se você considera o "olho que tudo vê" um sinal do mau, siga esse conceito, e não procure no google para saber que significa "Deus" ou algo do tipo, siga o seu cérebro), você pode entender alguns detalhes de si mesmo, o que ajuda no autoconhecimento.

trotsk disse...

um dia tive um sonho q eu tava na sala de aula com o professor e todo mundo em silêncio dai eu me lembrei q eu tava o dia era sábado, então me dei conta q era um sonho...

Kaos disse...

tenho estudado sobre sonhoslucidos desde do ano passado. de vez em qnd tenho, mas ainda nao dominei a técnica. baxiei ano passado o livro SONHOS LUCIDOS EM 30 dias mas soh agora vou poder começar a ler.
MEDOB> post mto mto mto bom!!
=D

Hugo disse...

Inveja... não consigo sentir medo .-.

adam rambo disse...

olha só!o totheark até que fica maneirim!

Joe disse...

sonhei que eu tava fumando um beack e acordei cheirando maconha!!


funciona mesmo

Brujeria disse...

Sonho lúcido é um passo para projeção astral. Sonhos são uma "tela de proteção", um véu que se você rasgar vai ter seus sentidos ampliados milhões de vezes. Podendo reconstruir ambientes pelos seus sentidos, como o sonar de um morcego, mas amplificado! Isso requer anos de meditação e introspecção, para que você possa focar-se no ambiente desejado!

Panic disse...

Estava lendo este post concordando com tudo.
Eu não tenho pesadelos frequentemente (quase nunca), mas consigo em muita das vezes lembrar que estou sonhando.
Qando isso acontece eu consigo fazer o que quiser (até aquela parte do sexo eu concerdei :P)
Não sabia dessas dicas de cotrole do sonho, mas concordo com todas, principalmente com a terceira. Involuntariamente, em certas noites, acordava (sem sonhar nada) e ficava acordado durante um tempo, depois voltava a durmir e sonhava.
Vou tentar aplicar as dicas. É muito bom quando voce tem o controle do sonho. Consegue fazer o que quiser!

Lucas Rodrigues Lukinhas disse...

Muito legal o post, ja trabalhei no mesmo instituto que o Dr. Flavio Aloé, que infelizmente faleceu no final de 2011, de uma forma mto estranha, foi trabalha em um dia e no outro, havia falecido, todo mundo comentava sobre o fato de não ter sido mto esclarecido o motivo.

Luqui disse...

Eu tenho sonhos lúcidos, geralmente nas ultimas horas mesmo, acordo depois de uma noite de sono não tão boa, e fico naquela de, acordado e dormindo ao mesmo tempo, nesse momento, se eu permanecer de olhos fechados e focar em algo, eu consigo "viver" o que eu quiser, é melhor do que qualquer simulador de realidade, não sei explicar direito.

Fabio Wolff disse...

Eu costumo, nas noites que sonho, ter sonhos e pesadelos na mesma noite...noite retrasada foi uma delas. Estava lendo alguns posts do blog até pegar no sono então tive 2 pesadelos referentes a perseguição e um sonho até que meio planejado...meio pois foi a respeito de um comentário que eu fiz no dia anterior sobre uma garota, mas não eta planejado sonhar com ela...

ricardo disse...

Um dia eu tive um pesadelo, eu sonhei q estava em um prédio q estava prestes a cair, eu sabia q era só um pesadelo, ai eu curtir um pouco o sonho, de repente o predio começou a cair ai eu fiquei com medo, eu fiz força pra abrir o olho e não consegui ai tentei de novo e consegui acordar antes do predio cair. esse sonho foi de verdade, faz muinto tempo q aconteceu.

GabCar disse...

Ver Tv Online Grátis

Frank Lucas disse...

Tatuagens Femininas Sensuais (Sexy), Além de tribal, maori... :
 

Tatuagens de dragões 

Tatuagens nas pernas  

Tatuagens tribal  

Tatuagens de carpa  

Tatuagens de fênix  

Tatuagens de tigre  

Tatuagens de águia  

Tatuagens Femininas Sensuais(SEXY)  

.

Wasabe Chan disse...

"2. Saiba que é sonho
Durante o sonho, tente ler objetos: se você não conseguir, é sonho. Dica: faça o mesmo acordado. Parece bobo, mas ajuda a transformar em ato inconsciente."

Essa noite eu sonhei que estava lendo um livro e eu ainda lembro o que estava escrito D:

Steeph Mebarak* disse...

Ra eu to ferrada por q a ultima vez q tive pesadelo eu tinha 8 anos,e agora tenho 14.

MJ disse...

v
http://diarioumdepressivo.blogspot.com.br/

Lucas disse...

Só me lembro de dois sonhos lúcidos que tive, um deles, resumindo, surgiu uma gosma do teto que tomou a forma de um monstro e foi me devorar, ai eu pensei: "isso só pode ser um sonho". Aí eu fechei o s olhos e quando abri e quando abri estava acordado, outra vez eu estava trabalhando na manutenção de uma ponte, então eu simplesmente pensei que eu nunca trabalharia nisso, ai eu pulei na água, depois de uma grande queda eu bati de cara na água e acordei :D

Lucas disse...

isso que o Luqui falou acontece muito comigo, é muito bom :D