Beth Thomas - O anjo malígno

Olhos azuis, cabelos castanhos e voz doce. Essa é Elizabeth Thomas, uma menina de apenas 6 anos, que esconde por trás dessa “casca” inocente, uma personalidade cruel e sádica, resultado de abusos e violência quando era apenas um bebê.



[leiamais]

A mãe de Beth faleceu ao dar a luz a seu irmão, quando ela tinha apenas 1 ano de idade. As crianças ficaram sob a guarda do pai, um homem sádico e alcoólatra que passou os 7 meses seguintes abusando sexualmente de Beth e negligenciando seu irmão, tanto que a parte de trás do crânio do bebê ficou plana, em função de ficar o tempo todo deitado no berço. Após os 7 meses de abusos incessantes, a guarda das crianças foi tomada por assistentes sociais.

Beth e o irmão foram entregues à uma família adotiva, porém o histórico de abusos e negligências nunca foi relatado aos novos pais, mas não demorou para que estes notassem o comportamento estranho da menina.

Beth tinha constantes pesadelos envolvendo “um homem que caía sobre ela e a machucava com uma parte dele”. Ela se masturbava constantemente, tanto que numa dessas vezes  acabou tendo hemorragia na vagina e teve de ser hospitalizada. Beth tinha o hábito de maltratar e torturar animais com agulhas. Foi pega introduzindo agulhas do ânus do cachorro de estimação da família, e alegou estar “apenas brincando”, também descobriu um ninho de passarinhos, e apertou-os e quebrou-lhes os pescoços. A menina cultivava um ódio doentio por seu irmão mais novo, e várias vezes o espancou com os mais diversos objetos, introduziu agulhas em seu corpo e também foi pega golpeando sua cabeça no chão com força e raiva. Beth costumava espanca-lo no estômago durante a noite, causando fortes dores ao menino, mas seu passatempo predileto era molestar seus órgãos genitais, chutando e puxando seu pênis e até introduzindo os dedos em seu ânus. Não era segredo para ninguém, ela queria mata-lo.

 "Eu fui tão machucada, que não quero estar perto de pessoas"

Quando começaram a sumir objetos dentro de casa, como as facas da cozinha, seus pais tiveram de tomar uma atitude drástica: trancá-la em seu quarto durante a noite. Eles não gostavam de fazer isso, porém, sentiam que a vida da Jonathan estava ameaçada, e também a deles. A situação em casa só piorava, até que eles decidiram procurar ajuda médica.

Em 1989 foi feito um documentário com a menina, utilizando os vídeos em que ela foi gravada conversando com seu psiquiatra, intitulado "Child of rage" (A ira de um anjo). O que surpreende, além das as atrocidades que a menina cometeu, foi a frieza com que ela relatou cada ato. Beth conta que machucou seu irmão e que desejava matar seus pais, com a calma de como se estivesse contando que passou um dia no parque. Claramente se observa um perfil de psicopatia na menina.

 "Como você mataria seus pais, Beth?" "Esfaquearia."

Beth ficou “famosa” depois que documentário foi ao ar, em 1992. Foi para uma clínica de terapia intensiva, onde supostamente teria se recuperado. No começo do vídeo ela relata seus atos maldosos com frieza e, no final, chora e sente-se mal.

A dúvida que fica no ar é: será que um psicopata é capaz de se curar? Será que as lágrimas e o arrependimento que a menina demonstra no final do vídeo, não são apenas fingimento? Será que Elizabeth Thomas, o anjo maligno, seria capaz de se relacionar com a sociedade?

Há boatos de que ela cresceu e trabalha como enfermeira. Mas nada que seja concreto. Não se sabe exatamente o que aconteceu com a menina depois do documentário. Assista e tire suas próprias conclusões:





Post by @Loucifre
Bons Pesadelos...

142 comentários:

  1. Eu acredito na recuperação de psicopatas...
    Mas não chegaria perto dessa criança nem por decreto! Eu hein!
    Ainda bem que eu moro no Brasil, um país tropical ♫♫ abençoado por Deus ♫♫

    XD

    ResponderExcluir
  2. Eu já tinha lido sobre ela. Não acredito na recuperação de forma alguma.

    ResponderExcluir
  3. incrivel como uma pessoa tem a capacidade de arruinar a cabeça e a vida de uma criança desse jeito, infelizmente o abuso de crianças ainda é um problema muito grande. mas enquanto nossos "lideres" se preocupam com coisas futeis, varias crianças por todo mundo estão sofrendo tanto quanto essa menina. pessoas que abusam de crianças não são nada menos que a escória do mundo e merecem apodrecer e morrer na cadeia e depois arder nas chamas do inferno.

    ResponderExcluir
  4. Bom, infelizmente memórias fortes como essas que são lembradas desde que ela tinha apenas 1 ano é porque foram péssimas mesmo, isso estragou todo o psicológico dela pra vida toda, mas espero que ela tenha melhorado mesmo, queria saber o que houve com ela atualmente. =/

    ResponderExcluir
  5. Se for psicopata, é improvável a recuperação. Mas acredito que o problema dela não seja psicopatia, mas um grave transtorno resultante de traumas. Daí sim, com muito trabalho e um pouco de sorte, é possível recuperação, ainda mais porque tudo foi feito bem cedo.

    ResponderExcluir
  6. se for psicopata mesmo pelo menos atualmente é TOTALMENTE IMPOSSIVEL O TRATAMENTO, psicopatas ja nascem com uma ALTERAÇÃO CEREBRAL, as funções e areas do cérebro funcionam de forma distinta.

    não sentem remorso, pena, compaixão, carinho, solidariedade etc e ao mesmo tempo costumam ter bom raciocinio, serem carismatico quando querem, mentem sem demontrar sinais enganando até detectores etc.

    deveriam matar ou colocar em prisões perpétua todos psicopatas porque embora não tenham culpa de nascerem assim, são monstros e não tem concerto infelizmente.

    o pior é que entre 1% e 2% das pessoas nascem psicopatas, mas felizmente a maioria não se torna torturador ou assassino, são apenas pessoas frias que usam das outras durante a vida pra conseguir status, poder, influencia etc.

    agora quando se une psicopatia + agressividade ou sadismo ai temos os casos terriveis que ilustram sites como o medo b.

    ResponderExcluir
  7. mas existem pessoas que se tornam crueis devido ao sofrimento que passaram e que não são realmente psicpatas, pelo menos não do tipo que apresenta alterações no cérebro.

    se esse é o caso dessa menina e parece que pode ter sido, ai com um tratamento muito bem feito ela poderia sim mudar.

    ResponderExcluir
  8. Pobre menina , mas aos que generalizam tudo , há sim um método de recuperação para este tipo de doença , ainda mais ela que foi trata enquanto era criança .

    ResponderExcluir
  9. Fabricio_Habbo interessante este seu medo de chegar perto desta criança . Mais interessante ainda é você dizer '' Ainda bem que eu moro no Brasil '' .. o País onde lhe matam sem remorso algum por míseros R$10,00 ?

    ResponderExcluir
  10. Essa menina viveu o inferno. Seu pai foi um monstro e eu espero que o capeta esteja enfiando seu tridente no c* dele nesse momento.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Psicopata é impossível de curar, por que já nasce com isso, a menina foi maltrata apenas com 1 ano, ela nem tinha consciência, por isso ficou desse jeito, mas logo cedo trataram o problema dela e ela mostrou ter se recuperado, depois da entrevista ela pode ter tido umas recaídas, mas eu acredito que esta menina pode ter melhorado com o tempo.

    ResponderExcluir
  13. Jess se for REALMENTE PSICOPATA, não tem cura e não é minha opinião, é fato.

    leia algum livro sobre o assunto ou veja opnião de estudiosos do tema, psicopatas ja nascem com algumas areas do cerebro alteradas, terapia NENHUMA DO PLANETA, vai mudar isso.

    só no dia em que pudermos alterar essas areas para e de alguém normal será possivel curar alguém de fato psicopata.

    mas nem toda pessoa agressiva, cruel é psicopata, ai pode ter cura

    ResponderExcluir
  14. "Há boatos de que ela cresceu e trabalha como enfermeira."

    Minha cara ao ler isso >>> O.o
    Meu pensamento >>> "Agora a porra ficou séria."
    Se ela (supostamente) mora no Brasil atualmente>>> Ta fazendo escola...

    Há alguns fatores chaves p/ ela ser como é:
    - abusos do pai;
    - a mãe morrer depois de dar a luz ao irmão

    complicada a questão dessa menina...

    ResponderExcluir
  15. Medo mais uma vez parabens pelo post.
    interessantissimo. gosto mto do assunto.
    nuam acho q ela seja uma psicopata
    acho q se trata mais de traumas de uma pré infancia mto fudida... e aparentemente ela começou a melhorar....
    espero q isso tenha realmente feito efeito na pobre Beth.

    ResponderExcluir
  16. Eu espero que todas as "coisas" (pq nao posso chamar de pessoas) que abusam e maltratam criancas, sejam torturadas fisica e psicologicamente ate o fim de suas mediocres vidas. Como podem? Como podem destruir a vida de uma crianca assim?. Pobre Beth.

    ResponderExcluir
  17. "Child of rage" (A ira de um anjo)... Esse manja... kkkkkkkkkkkkkk O mais correto seria "Filha" ou "Criança do ódio".

    ResponderExcluir
  18. Sou estudante de Psicologia, e gostei muito desse post e gosto muito do blog.
    Na minha opinião, ela não era piscopata. Apenas sofria com a dor do abuso e queria que os outros passassem pelo o que ela passou, como se fosse uma coisa natural fazer, como o pai biológico fazia.
    Não acredito na recuperação de um psicopata, mas acredito na recuperação dela. Aquele choro não é fingimento, saiu do coração dela.

    Só sim muita pena e muita raiva ao mesmo tempo por esses fdp que praticam abuso. Se eu sinto raiva a ponto de querer matar um, ao ver uma criança sendo abusada.... imagina a raiva que Beth tinha antes do tratamento. Mas isso pode ser curado.

    ResponderExcluir
  19. O odio que ela sentia pelo irmão, era pela morte de sua mãe ao dar a luz a Jonh. Como se ela pensasse que o irmão dela tinha tomado a mãe ao nascer. Para uma criança de 1 ano, isso era muito concreto para ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com voce. E ainda acredito que ela tinha a fantasia que por causa da morte da mae (a protetora) os abusos comecaram a acontecer e portanto o irmao era o "culpado" por tudo, por isso o odioa era direcionado mais à ele. Os pais adotivos foram exemplos de pais, nao? Parabens à eles pela força!

      Excluir
  20. "Ainda bem que eu moro no Brasil, um país tropical ♫♫ abençoado por Deus ♫♫"

    So pra citar pro Frabicio Haboo aki tem pessoas normais tbm Maníaco do Parque , Chico Picadinho , Vampiro de Niterói , Febrônio O Filho da Luz ,Pedrinho Matador...Fora o estudante q abriu fogo no cinema em Sao Paulo em 99 a mulher q esquartejou o japonês Yoki.
    E aew Fabricio ?

    ResponderExcluir
  21. Oi, sou a autora do post, e queria explicar para o "Zero" que a tradução do nome do documentário "Child of rage" não é uma tradução literal, o nome do documentário no Brasil é "A ira de um anjo", bem como acontece muitas vezes em filmes que tem um nome em inglês, mas quando são traduzidos para o português sofrem algumas modificações.

    ResponderExcluir
  22. Jess, se eu morrer na rua por 10 reais pelo menos morrerei rápido! Na mão de um psicopata seria bem pior não acha?
    Outra coisa, quando postei isso eu já estava quase caindo de sono, dá um desconto né!

    ResponderExcluir
  23. Pesquisando sobre o caso, encontrei um link com algumas informações relativamente atuais sobre Beth (tem foto atual).
    Para quem se interessar, aí vai o link:

    http://www.childrenintherapy.org/proponents/thomasb.html

    ResponderExcluir
  24. No Brasil, todos os dias crianças são vítimas do descaso da sociedade.
    Não são apenas famílias pobres que culminam em desapego às crianças. Esse mal é cultivado pelo dinheiro investido por políticos, empresários, pessoas influentes que podem financiar, sem distinção de sexo.
    O mal causado por abusos na infância, de menor ou maior grau é quase irreversível se não for constatado ainda nesta fase.
    Existe hoje uma exército de psicopatas a solta, e eles foram criados pela própria sociedade que os temem.

    ResponderExcluir
  25. Video mais atual sobre ela que eu encontrei.
    http://www.youtube.com/watch?v=JR04B5ZasjY

    ResponderExcluir
  26. post muito bom, me tocou muito esse vídeo !

    ResponderExcluir
  27. acredito que a recuperação é possível no caso de crianças que ainda podem ter seus costumes reajustados, no entanto na adolescência em diante torna-se praticamente impossível.

    ResponderExcluir
  28. A falta de conciencia numa criança leva a isso, ela nao deve fazer ideia do q ela está fazendo é algo horroroso, se ela é psicopata por natureza é impossivel retorno, so uma bala na cabeça iria resolver, agora se ela apenas é motivada pelas dores do passado e por ser uma criança sem conciencia dos atos, podem haver uma solução mesmo eu achando q alguem assim, no meio de uma sociedade é algo de extremo risco

    ResponderExcluir
  29. Ela pode ter melhorado quanto ao lado violento, isso pode ser tratado como foi mostrado no documentário, más ela sempre vai ter um desturbio sexual, isso permanece por toda a vida.

    ResponderExcluir
  30. Hoje ela ajuda crianças que sofreram abuso e sofrem com algum tipo de transtorno como ela, junto com a mãe adotiva! A mãe adotiva é psicologa e conta sua história e a filha conta como "aprendeu" a confiar e a ter sentimentos.

    Essa é ela de verdade tem até o vídeo dela quando criança.

    http://www.childrenintherapy.org/proponents/thomasb.html

    ResponderExcluir
  31. Uau! Post incrível. Parabéns.
    É triste saber que existem adultos desprezíveis a ponto de, não apenas negligenciar, mas também abusar de uma criança. A falta de empatia e amor não nasceu nessa menina, foi colocado de forma violenta nela. Psicopatia ou não, não importa, ela era uma criança, e merecia uma chance de conhecer o mundo de forma diferente.Acredito que NINGUÉM nasça mal, independente de frieza ou emoção. É tudo uma questão de como você conhece o mundo. Alguém que não teve educação e só sofreu desde o começo, obviamente, vai refletir isso na sociedade. Quem julga, quem tem medo, quem não acredita na capacidade humana de superação não está sendo muito melhor do que os pais negligentes.

    ResponderExcluir
  32. Qual sera a idade dele nestes videos ?

    ResponderExcluir
  33. Otimo post, existe muitas pessoas repugnantes a ponto de fazer tanto mal a uma criança para ela chegar a esse ponto.

    ResponderExcluir
  34. Olha realemente esta " demônia " é um coisa forte. Agora sinceramente, acho que o maior culpado disso é o pai, um animal irracional em forma de humano que teve coragem de fazer isso com uma garota indefesa transformando-am um monstro, espero que o pai dela esteja sendo estuprado pelo capiroto, para ele ver como é bom. É relamente triste saber que casos de abuso sexual e estupro são constantes na sociedade, infelizmente se tornou comum ouvirmos isso na TV. Tenho 13 aos e já presenciei vendo na Tv, dezenas desses, hoje quando vejo já não me impressiono tanto, ´so reflito como um ser humano tem coragem disso. Agora esse foi forte e me chocou um pouco

    ResponderExcluir
  35. http://www.youtube.com/watch?v=JR04B5ZasjY
    é ela?

    ResponderExcluir
  36. Assisti no começo desse ano o documentário. É muito triste ver o que pode acontecer com uma criança tão inocente :/

    ResponderExcluir
  37. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  38. inocente? é meu pal de óculos,eu queria pegar essa garota e matala seria tão...tão bom,uma putinha (futura gostosa pra caralho) que faz isso com o irmão um facão e 5 segundos resolveria isso ^^

    ResponderExcluir
  39. A história dela lembra a do tio Mike Myers, ou sou só eu?

    ResponderExcluir
  40. Cara, alguem interna esse Jhony lourenço O.o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. M.S, nem da atencao que é isso que esse babaca quer. Vamos fazer uma campanha Ignore os Idiotas e quem sabe eles param?

      Excluir
  41. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  42. Não creio que possa haver total recuperação de um psicopata, mas acredito na possibilidade de uma recuperação parcial.

    Ótimo documentário e excelente artigo !

    ResponderExcluir
  43. @Jhony lourenço, no minimo é uma criança de 12 anos, que nada entende sobre psicologia do imaginário popular, todo mundo sabe que uma criança precisa ser educada e cuidada para não ter uma visão distorcida do certo ou errado, como poderia culpa uma garota de 6 anos por reagir violentamente levando em consideração tudo o que ela passou? Jhony lourenço você é um verdadeiro ignorante, querendo dar uma de psicopatinha.

    ResponderExcluir
  44. They made a movie about her story then? Awesome post, it makes everybody think how bad a human can be.. to be able to hurt his own daughter. It's something really sad to realize... but I don't think she is a psychopath, she probably is just cultivating bad feelings about everyone around her, I think her thought was: everybody need to feel what I felt.
    I believe she is really a good person now.

    ResponderExcluir
  45. virou enfermeira? deus, muita gente vai morrer. não, não acredito que um psicopata possa se reabilitar

    ResponderExcluir
  46. Só para esclarecer...ela não trabalha como enfermeira.
    A mãe adotiva fundou uma ONG para crianças vítimas de abuso, e a Beth a auxilia na ONG.

    ResponderExcluir
  47. Por isso deveria ter pena de morte para crimes como esse, o pai biológico dessa menina destruiu a vida dela, como que ela vai um dia ter uma família com todos esses traumas de infância.

    ResponderExcluir
  48. Nossa, como esse cara faz isso com uma criança? Eu não consigo entender. Acho que Beth pode se recuperar sim.

    ResponderExcluir
  49. Se ela for uma psicopata, ela não tem recuperação, psicopatas não tem nenhum tipo de empatia ou remorso por ninguém, independente do que aconteceu em sua vida, é um ''defeito'' que impede eles de terem isso...

    Mas se ela for uma sociopata, que acabaram perdendo empatia por outras pessoas por causa de abusos cometidos(parece ser o caso dela), ela tem recuperação...

    ResponderExcluir
  50. Beth não é uma psicopata ela só tem um desejo de vingança obsessiva. Fizeram um filme contando sobre a história de Beth. O filme tem o mesmo nome do documentário, havia assistido quando eu era criança,mas só fui rever este filme novamente no you...

    ResponderExcluir
  51. Andam lendo muito o site do Aprendiz Verde hein ?

    ResponderExcluir
  52. aew Pessoal do Medo B blz?
    Muito triste essa historia da garota..
    Realmente o que fizeram com ela foi mt cruel..
    Eu,depois de ver esse documentário,fiquei muito curioso e fui pesquisar um pouco...para minha surpresa eu encontrei como ela anda hoje em dia. Ajuda crianças que passaram pelo mesmo problema em uma ONG da qual ela faz parte

    se quiseram da uma lida melhor tem no site da ONG que ela ajuda as crianças.

    Fonte: http://www.childrenintherapy.org/proponents/thomasb.html

    espero ter sanado a ajuda de muitos ^^

    Eu fiquei muito feliz que a garota tenha se recuperado e hoje passa bem!E que ela consiga ajudar muitas crianças que tenha passado por isso...

    ResponderExcluir
  53. Espero ter sanado a curiosidade de muitos*
    escrevi errado rsrs foi mal aew

    ResponderExcluir
  54. Nossa tive uma ótima idéia para um livro, vlw medob vou começar a desenvolver a história!

    ResponderExcluir
  55. criança adorável, gostaria de poder estudar a mente dela mais a fundo.

    ResponderExcluir
  56. Já passei por situações parecidas com a de bethy quando eu tinha 4 anos, e eu tambem gostava de enfiar agulhas no gato que tinha em casa na época, e no meu irmão.
    Hoje sou uma pessoa normal.

    ResponderExcluir
  57. O fato é mesmo ela ter fingido ou não no final,se for verdade o importante é que ela hoje em dia tá levando uma vida normal como enfermeira,mas se algum dia eu for em algum hospital e tive uma enfermeira com o nome Beth lá eu saio na mesma hora falando que toh curado e vou pra outro hospital hehehehehe..

    ResponderExcluir
  58. Já tinha visto isso em outro site. É realmente muito interessante.

    ResponderExcluir
  59. Acho q a recuperaçqo é quase impossivel! Acho que ela vai ficar pertubada por muito tempo!

    ResponderExcluir
  60. Se ela for mesmo psicopata, então a recuperação é impossível e a tentativa é inútil também.
    Se este for realmente o caso, então todo o sofrimento que ela passou não foram mera coincidência; talvez porque ela mereceu...

    E se ela não for psicopata, então a cura pode dar certo... isso se ela for forte o bastante :/

    ResponderExcluir
  61. Se ela for psicopata não é possível curá-la

    ResponderExcluir
  62. A Ira de um anjo é o nome que foi dado ao traduzir, correto? Porque "Child of Rage" significa, literalmente, "Filho da fúria"

    ResponderExcluir
  63. Kkkkk tbm queria estudar a mente dela mais fundo, com uma serrinha,faca e broca e_e

    ResponderExcluir
  64. o povo não leu o que escrevi?ela ta bem hoje e trabalha com crianças q estão na situação...
    o site q postei ai não é fake nem nada do tipo
    outros lugares diz q ela esta da mesma forma q o site descreve.
    Ela não é uma psicopata,no filme dela mostra o sofrimento que ela passou na infância(pra quem não sabe tem um filme alem do documentário).Crianças que sofrem sérios traumas na infância podem ter distúrbios emocionais e afetivo quando crescem ou seja ela não é psicopata.

    ResponderExcluir
  65. Para a pessoa de nome Katana.
    Psicopatas nascem com pequenas disfunções no cérebro, essas alterações são causadas por vários fatores de convivência na infância. Por exemplo, pessoas que crescem com pais abusivos ou ausentes, sem nenhuma atenção ou abandonadas. Não são criadas com uma ideia de o que é certo moralmente, por isso eles perdem a capacidade de efetuar julgamentos morais. Não sentem remorso devido a isso, mas todos esses traumas podem ser curados com a ajuda profissional certa. Pessoas que sofrem de psicopatia geralmente conseguem mentir muito bem, inclusive sem serem detectadas no Polígrafo. A psicopatia não é só distúrbios de nascença, e essa é considerada a menor das causas da psicopatia. Com a ajuda correta o psicopata pode se recuperar completamente.

    ResponderExcluir
  66. Eu acredito na recuperação. Posso citar como exemplo países como a Dinamarca, o modelo constitucional é o mesmo adotado no Brasil, com um sistema prisional de ressocialização e não apenas de punição e reprovação da conduta e os índices de reincidência são mínimos. O que falta é um plano de incentivo e trabalho real no moldo do caráter não apenas das pessoas em formação, mas daqueles que compõem a comunidade carcerária nacional, com políticas de ressocialização e incorporação dos ex-presidiários à sociedade.

    ResponderExcluir
  67. Pedro

    não Pedro vc esta enganado, tenho psicologos na familia e conheço um pouco do assunto, PSICOPATAS ja nascem com alteração. não se torna na infancia, psicopatas verdadeiros NÃO POSSUEM CURA, podem até fingir terem sido curados mas não são.

    isso não é minha opinião, é uma constatação de estudiosos por todo o planeta.

    se no futuro descobrirão um jeito de "reparar" as mentes psicopatas eu não sei, mas no presente eles não tem cura.

    tem caso de psicoptas que tiveram pais amorosos e infancias sem problemas e nada disso muda o fato deles serem malignos.

    ResponderExcluir
  68. Um pscicopata de fato não sente NADA em relação as emoções. Até a parte que falou no texto que ela agia de forma fria, acreditei por completo que ela era uma pscicopata com cura difícil. Porém, o fato de ter chorado depois, mostra arrependimento, então sim, ela pode ter cura.

    ResponderExcluir
  69. This is the saddest thing I've seen in my life.

    ResponderExcluir
  70. Nossa, que vontade de dar um tiro do 12 na cara dessa menina mano...

    ResponderExcluir
  71. Pedro

    Dai é um sociopata, psicopatas não tem cura, nascem assim e vão morrer assim, não importa que tipo de convivencia ele tenha... Mas isso não significa que ele vá matar alguém...

    ResponderExcluir
  72. Bem interessante o artigo, muito bom.

    Eu encontrei isso sobre o caso Beth:

    http://palavrasvadias.wordpress.com/2012/10/13/psicopatia-discutindo-o-caso-beth/#more-279

    ResponderExcluir
  73. O que aconteceu com o irmão mais novo dela ??

    ResponderExcluir
  74. Não costumo criticar o trabalho do Medo B, é um ótimo blog, me divirto muito. Mas, não podemos misturar casos como este com pura diiversão.
    Já conhecia o caso Beth Thomas e essa criança não tem nada de psicopata. Chamar essa criança de anjo malígno é um enorme erro. Casos assim são mais comuns do que pensamos.
    Temos que saber separar o que é brincadeira e o que é sério. Temos que tomar cuidado com os textos que escrevemos na internet. Um pouco de sensibilidade faz bem.
    Por isso acho que o post foi totalmente inapropriado para o contexto do blog.
    Só para complementar a informação dado, Beth cursou enfermagem e hoje é terapeuta. Tem um livro chamado "More Than a Thread od Hope" e montou uma clínica, junto com sua mãe, para crianças abusadas.

    ResponderExcluir
  75. E o que a Katana disse não tem sentido nenhum. Psicopata é alvo de medida de segurança no Brasil, não tem nada a ver com emoções ou toda essa baboseira que os filmes mostram. Psicopata, como o próprio nome diz tem distúrbios mentais, pessoas frias por natureza não são psicopatas.
    Evitem falar coisas que não tem fundamento, por favor.

    ResponderExcluir
  76. Conteúdo jovem,sem frescura por favor.

    ResponderExcluir
  77. A menina não tem psicopatia, MedoB. Um pouco mais de informação sobre a doença e o que a menina realmente passou seriam de bom senso antes de diagnosticá-la; ela sofreu de diversos abusos quando era bebê e por isso ficou assim.
    E para os leitores discutindo sobre se o que ela tem é psicopatia ou sociopatia, os termos denominam a mesma doença. Sociopatia é um termo mais antigo que foi abolido pela comunidade médica e o termo mais adequado é psicopatia. É só jogar no Google...

    ResponderExcluir
  78. E by the way, psicopatas são incapazes de apresentar emoções, eles não conseguem as distinguir. A ideia que todos os psicopatas são gênios altamente perigosos é fictícia. Se a menina apresentou qualquer traço de emoção, é porque obviamente não é uma psicopata.

    ResponderExcluir
  79. Incrível o que a falta de amor e carinho pode fazer a uma criança. Ela não é/era uma jovem psicopata, ela só não foi ensinada, ninguém disse a ela que aquilo era errado, ninguém desenvolveu amor por ela, e como ela iria desenvolver isso? Ela não tinha consciência, como o irmão dela, que não teve o estimulo pra praticar movimentos, ela nunca teve o estimulo para amar, sentir remorso e etc. Obviamente ela vai se lembrar disso a vida inteira, mas acho que as lagrimas finais da garota são verdadeiras, percebe-se que antes, ela falava sobre tudo sem se alterar, sem demonstrar nenhuma emoção, e depois, ela já se sente culpada por tudo que fez. Ela não é/era uma psicopata, ela foi somente uma garotinha abusada.

    ResponderExcluir
  80. Incrível o que a falta de amor e carinho pode fazer a uma criança. Ela não é/era uma jovem psicopata, ela só não foi ensinada, ninguém disse a ela que aquilo era errado, ninguém desenvolveu amor por ela, e como ela iria desenvolver isso? Ela não tinha consciência, como o irmão dela, que não teve o estimulo pra praticar movimentos, ela nunca teve o estimulo para amar, sentir remorso e etc. Obviamente ela vai se lembrar disso a vida inteira, mas acho que as lagrimas finais da garota são verdadeiras, percebe-se que antes, ela falava sobre tudo sem se alterar, sem demonstrar nenhuma emoção, e depois, ela já se sente culpada por tudo que fez. Ela não é/era uma psicopata, ela foi somente uma garotinha abusada.

    ResponderExcluir
  81. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  82. Beth não era uma Psicopata, nem nunca foi. Psicopatia é uma patologia sem cura e não era disso que Beth sofria. O modo como ela agia era apenas consequência dos abusos que sofreu quando ainda era bebê, e, apesar de ela ser apenas um bebê na época, todos os acontecimentos da primeira infância de qualquer indivíduo ficam fortemente marcados em todos nós pelo resto de nossas vidas, ainda que pareçam esquecidos. Beth agia daquela forma porque nunca havia tido padrões de amor, afeto e carinho em momento algum de sua vida, o que consequentemente não estimulou nela o desenvolvimento de sentimentos de confiança, amor e muito menos de se importar com as coisas e com os outros. O caso dela tem cura sim, aliás, teve, hoje em dia ela vive como qualquer pessoa normal, que passou por um trauma superado e é ativista na causa contra abuso sexual infantil. Tem uns sites na internet que falam da vida dela hoje em dia.
    Betina M.

    ResponderExcluir
  83. Ela não é psicopata, sofreu de estresse pós traumático, e neste caso é possível a recuperação.

    ResponderExcluir
  84. Pesquisa + bom senso= não existe nessa matéria!

    ResponderExcluir
  85. Para mim, Não é um simples estudo ou um simples caso, nem "estatística" sobre quantos casos assim acontecem. É um caso sério de alguém que cresceu sendo abusada e por causa disso pensa de forma errada, não sabe o que é certo ou errado. E, para mim, isso significa o que é pelo menos uma "parte" da Psicologia, mostra a causa e que existem tratamentos para a melhora. E eu penso que se pode melhorar os tratamentos, mesmo gostando dos resultados dos atuais.Isso que me faz querer estudar Psicologia.(:

    ResponderExcluir
  86. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  87. Na verdade ela não virou enfermeira. Ela atualmente trabalha juntamente com sua mãe adotiva em uma ong que ajuda crianças vítimas de abusos. A confusão ocorreu porque existe uma outra Beth Thomas que é enfermeira e que postou um vídeo educacional no youtube.

    ResponderExcluir
  88. Ah, não precisa nem dizer o problema dessa menina!! De fato, ela se tornou uma psicopata por tudo que sofreu... Pode ter um outro lado, lembrando que a psicopatia nasce com a pessoa, e sendo ela filha do pai dela... rsrs
    Doença mental!! É uma pena, mas deve ser tratada e internada para o resto da vida. =/

    ResponderExcluir
  89. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  90. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  91. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  92. Acho que crianças assim deviam ser mortas, e também não acredito na recuperação dela. Se ela já era louquinha assim quando criança,imagina quando ficar mais velha? Pode muito bem fazer pior com outras crianças ou a mesma coisa que fizeram com ela, mas provável que fará pior.

    ResponderExcluir
  93. Ela foi vítima do pai e por isso tornou-se psicopata. Mas se a criança que se torna psicopata passar por um tratamento sério, ela passa a ter chance de conter esse comportamento e ela poderá ter uma vida normal. Mas quando a pessoa não passa por um tratamento durante a infância não tem mais jeito, torna-se irreversível. Diferente do caso em que a pessoa já nasce psicopata, que não tem jeito. O nome do tópico induz ao erro visto que dar a entende que a Beth já nasceu com comportamentos anti-sociais o que pelo exposto não é verdade, ela adquiriu a psicopatia devido aos maus tratos. Entretanto pode ter ocorrido o pior, ela já ter nascido com inclinação para a psicopatia e devido aos maus tratos causados pelo pai só piorou a sua condição.

    ResponderExcluir
  94. Meu q podre vc's, fazendo sensacionalismo com um caso grave e triste como esse, essa menina sofreu abusos absurdos quando tinha 1 ano, nessa época todos vc's eram bem tratados amados etc, enquanto ela era estuprada pelo próprio pai, q além disso ainda batia nela. Quando somos crianças ainda não temos consciência do certo e errado dos nossos próprios atos, apenas repetimos tudo oq q vemos, como foi o caso da Beth ela só repetia toda violência q sofreu, do msm jeito q depois q ela foi tratada e aprendeu a amar e confiar de novo nas pessoas se tornou uma pessoa carinhosa e feliz q vive em harmonia com todos a sua volta. Vc's deveriam se envergonhar de fazerem essa matéria colocando a Beth como um monstro, anjo maligno? Tenha dó ela era sim uma criança sofredora, triste com uma revolta do mundo e de todos traumatizada, então antes de fazer esse sensacionalismo sem vergonha, tenha mais respeito pelos outros, pimenta no c... dos outros é refresco como dizem né

    ResponderExcluir
  95. Gente, o nome dela é Beth Thomas e hoje em dia está mentalmente saudável... ela escreveu um livro chamado "Mais Do Que Uma Linha De Esperança" e junto com a mãe fundou uma clínica para crianças que tbm sofreram abuso e etc. O tratamento dela levou anos para ser concluído 100%... Ou seja, acho que Beth não era psicopata mas sim transtornada emocionalmente por causa do trauma.

    ResponderExcluir
  96. Ela não é psicopata, psicopatas são impossíveis de ter cura. Ela é só uma garota que foi abusada e maltratada pelo pai. A raiva dela era tanta que ela descontava nos pais adotivos e no irmão dela. Hoje em dia ela fundou uma clínica para crianças que também sofreram de abusos, ela tem um livro também. Eu queria ver se fosse com alguém da família de vocês, é fácil julgar alguém que sofreu traumas, é fácil apontar quando não é com você. :)

    ResponderExcluir
  97. Uma criança não pode ser considerada psicopata com base no critério do DSM-IV, que deixa claro que o diagnóstico de Transtorno da Personalidade Anti-Social só pode ser aplicado em indivíduos de no mínimo dezoito anos. Antes deste período, de acordo com certos comportamentos antissociais, a criança pode ser diagnosticada com Transtorno de Conduta. Beth tinha 6 anos na época do documentário.

    ResponderExcluir
  98. Não sei se a foto é recente, tem algumas coisas sobre ela aqui: http://www.childrenintherapy.org/proponents/thomasb.html

    ResponderExcluir
  99. ela se recuperou, é enfermeira e tem uma clínica para crianças vitimas de abuso,

    ResponderExcluir
  100. nos primeiros momentos da vida até uma parte ela foi agredida e abusada,logo na cabecinha dela isso era completamente normal e aceitável...com terapia e toda a atenção ela foi percebendo que aquilo era errado,e foi sendo educada,ensinada como um ser humano normal,sendo amada!...essa história é muito triste,muito triste mesmo!! =( mas que bom que teve um final feliz!! =)

    ResponderExcluir
  101. isso é um video evangelico..sashuahsa

    ResponderExcluir
  102. Eu não confiaria 100% ela pode até ter mudado alguns hábitos, alguns pensamentos.. mas é uma criança, acho que seria bom estar sempre de olho nela. Sabe se lá como é a mente dela atualmente, deve sempre lembrar da infância dolorosa que teve

    ResponderExcluir
  103. NAO HA NADA DE MALIGNO NA MENINA, SEU RETARDADO. ELA SOFRE, COMO MILOHES DE OUTRAS, DE UM TRAUMA GRAVISSIMO. ELA É UM ANJO. ISSO SIM.

    ResponderExcluir
  104. meu Deus,eu fiquei horrorizada com o que eu assisti..e curiosa em saber o que aconteceu com ela,achei um link http://www.photofunia.com/Beth Thomas....e o irmão dela,o que será que aconteceu,será que é normal....eu tenho ódio em saber que tem uns monstros abusadores a solta....

    ResponderExcluir
  105. meu Deus,eu fiquei horrorizada com o que eu assisti..e curiosa em saber o que aconteceu com ela,achei um link http://www.photofunia.com/Beth Thomas....e o irmão dela,o que será que aconteceu,será que é normal....eu tenho ódio em saber que tem uns monstros abusadores a solta....

    ResponderExcluir
  106. ela não é uma psicopata, provavelmente Beth só apresentava esse tipo de comportamento por ter sofrido tanto durante a primeira infância. quem se lembra do que acontecia quando tinha apenas 1 ano e meio de idade? ela se lembra. o trauma que sofreu é imensurável, mas ela não é uma assassina.

    ResponderExcluir
  107. No meu ponto de vista, pode ter cura, mas as chances de cura não passam de 10%, não que a ciência seja ruim, mas a raiva e o trauma dela não é comum, e não pode ter só a intenção dela nesse meio de raiva e vingança, só sei que a raiva sempre vai estar com ela, pode parar por uns meses, mas a raiva e o nojo sempre vai viver com ela, é isso que eu acho.

    ResponderExcluir
  108. Putz!!! Abalou meu emocional *_*

    ResponderExcluir
  109. GALERA ELA AJUDA OUTRAS CRIANÇAS AGORA ... POR FAVOR MUDE O POST E INFOMER ISTO http://childrenintherapy.org/proponents/thomasb.html

    ResponderExcluir
  110. (@Jhony lourenço)kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que cara idiota haha

    ResponderExcluir
  111. (@calmacarol)

    foi exatamente isso que aconteceu com ela!

    e povo, essa história é antiga, hoje ele é normal!

    ResponderExcluir
  112. O que será que aconteceu com ela?
    Como ela deve estar hoje?

    s:

    ResponderExcluir
  113. eu não aconsidero psicopata!
    ela so tem um transtorno mental devido o que ela passo e sim ela pode ter sido curada

    ResponderExcluir
  114. A tendencia a psicopatia não é algo que possa ser removido da pessoa e o quadro só se agrava com situações como a que essa garotinha viveu. Mas eu acredito que com um bom acompanhamento médico ela pode sim ter uma vida normal.

    ResponderExcluir
  115. Disse td nessa!
    mas eu não acredito que ela seja psicopata psicopatia é ausensia de sentimenots

    ResponderExcluir
  116. Eu acredito q ela tinha outro problema que foi adquirido com o que ela passou

    ResponderExcluir
  117. http://www.childrenintherapy.org/proponents/thomasb.html

    Quem estiver interessado em saber como está Beth Thomas hoje em dia. Nesse site aparece uma foto dela adulta e várias informações sobre como ela melhorou com a terapia e como agora ajuda outras crianças como ela.

    ResponderExcluir
  118. Mostra essa matéria para o Marcelo Resende e a mídia em massa, pergunta em qual jogo ela se baseava para ter esses pensamentos sádicos.

    ResponderExcluir
  119. história incrível dessa "criança"... eu acredito q ela tenha se recuperado!

    ResponderExcluir
  120. Ela já esta curada, e mais pertence a uma ong que ajuda crianças com o mesmo problema - http://childrenintherapy.org/proponents/thomasb.html

    ResponderExcluir
  121. Psicopata ela não é, pois não tem cura, ela deve ter outra coisa devido aos traumas...

    ResponderExcluir
  122. Msm ele sendo alcoólatra, estando fora de si,não tem perdão,deveriam cortar o pênis dele e dar pros leões comerem.

    ResponderExcluir
  123. http://bethdevised.wordpress.com/2012/11/15/beth-thomas-now/ ai esta ela hj em dia

    ResponderExcluir
  124. ela nunca vai deixar de ser uma psicopata .

    ResponderExcluir
  125. Quanto imbecil comentando...
    Psicopatas nascem assim, e não precisam necessariamente sofrer abuso na infância, procurem ver a história de Ted Bundy e Jeffrey Dahmer, os dois tiveram pais amorosos, casa e comida.E mataram, esquartejaram e comeram suas vítimas.Ela só repetiu os abusos que sofreu.E só tinha seis anos(!!!), a maioria dos psicopatas só começa a matar na juventude, depois dos 18 anos principalmente.
    O moderador do blog podia deletar certos comentários, é nítido que são escritos por pessoas que só querem aparecer, seja de qual forma for(psicopatia??)...

    ResponderExcluir
  126. alguem sabe do irmão? como esta hj?

    ResponderExcluir
  127. Essa menina tinha perfil de psicopata sim, mas como foi descoberto precocemente e tratado de maneira intensa... ela pôde ser curada sim. A criança normalmente por ser criança não tem a psicopatia muito evoluída, ela só vai fazer as maldades por puro impulso, para saciar a vontade, a raiva, o desejo que surge na hora. Com o tempo elas aprendem a mentir, dissimular, planejar e controlar os seus atos, e quando adulto ele já tem uma consciência formada de o que ele acha certo ou errado, e ele vai achar os atos psicopatas corretos. É mil vezes mais difícil curar um psicopata adulto do que uma criança que ainda não tem toda a consciência criada. O terapeuta irá manipular as emoções dessa criança até projetar nela o que ele quer que essa criança ache certo ou errado, bom ou mal, da maneira como todos achamos (matar é ruim, abraçar..ajudar, é bom) O que fizeram foi abrir a mente dela para a confiança em outro ser vivo, que nem todos querem machucá la. E você não pode tratar um psicopata fazendo ele amar alguém ou algo, criar sentimentos nele, na verdade se deve somente abrir a mente dele para o certo e errado, que o mundo não funciona do jeito que ele estava pensando. Ninguém vai ensinar ele a amar pois é impossível e talvez o tornasse um psicopata obcecado por algo ou alguém, por exemplo...se ensinassem a essa menina que ela pode esquecer os abusos pois a mãe dela a ama, ela poderia ficar presa a mãe o resto da vida e não gostar de mais ninguém, e até machucar aqueles que magoassem a sua mãe e ia querer a mãe só pra ela.O tratamento não consiste em fazer ela esquecer o passado, mas em superá lo e encaixa la nas leis da sociedade. Muitas crianças são tratadas e conseguem vencer a psicopatia. As pessoas tem que ter cuidado porque a psicopatia não envolve só a falta de sentimentos, mas o excesso dele tbm, pessoas que amam muito se tornam obcecadas por aquilo e podem até matar ou fazer atrocidades com medo de perdê las. A Beth não mostrou mais sinais de psicopatia em seus 42 anos, ela tem uma loja de roupas com a mãe e projetos em ONGS para ajudar crianças abusadas, ela ainda pode até ter a psicopatia dentro de si mas pode perfeitamente controlá la e viver em sociedade perfeitamente é nisso que a terapia consiste, então é a cura de seu comportamento antissocial deu certo :)

    ResponderExcluir
  128. Quem não acredita na recuperação dela não acredita na recuperação de uma média escolar, de um perdão de alguém, na sua adaptação à uma escola ou cidade nova, ou qualquer outro comportamento corriqueiro. Crianças, o princípio é o mesmo, O MESMO. Mudar o fazer.

    ResponderExcluir
  129. Gemt, ela não nasceu assim. Impossivel é tratar um psicopata que já nasceu assim, mas ela se tornou uma ''psicopata''. Foi tão abusada que simplesmente perdeu a confiança nas pessoas e não foi capaz de desenvolver o amor. Me pergunto como o irmão dela deve estar hoje em dia, pois acredito eu que também sofreu muitos abusos, não por parte do pai, mas sim pela propria irmã.

    ResponderExcluir
  130. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  131. Psicopatia não tem cura, apenas acompanhamento, ela não era psicopata ela tinha 'Transtorno de Apego Reativo', que parece psicopatia mas não é, a pessoa simplesmente não sente remorso amor ou culpa e isso gera raiva e violência, principalmente no caso que ela foi abusada, ela apenas repetia o que foi feito nela quando bebê com sentimento de raiva. Esse transtorno psicológico tem cura sim, a pessoa fica marcada para o resto da vida, mas começa a ver aquilo como uma tristeza apenas. Frequento psiquiatra pois tenho depressão e comentei com ele sobre o vídeo ele procurou e em outra consulta que tive ele me explicou o que a garotinha tinha. E foi o exemplo que ele me deu, muitos transtornos psicológicos são confundidos com psicopatias se parecem mas não são a mesma coisa, que nem gripe e dengue tem sintomas parecidos mas não tem nada a ver uma coisa com a outra. Psicopatia não tem cura apenas acompanhamento, transtornos psicológicos SIM.

    O site da mãe adotiva de Elizabeth Thomas, Nancy Thomas: http://www.attachment.org/

    ResponderExcluir
  132. Eu acho bom que ela se tenha curado, se é que se curou mesmo, mas realmente ela tem um ar super fofo e mau ao mesmo tempo!

    ResponderExcluir
  133. http://mortisoperandi.blogspot.com.br/2013/08/elizabeth-thomas.html

    Se alguém se interessar por mais sobre a história de Beth está ai o link. Beth foi diagnosticada com TRANSTORNO DE APEGO REATIVO e não como psicopata.

    Bjs de uma estudante de Psicologia

    ResponderExcluir

Não é permitido Spam nem divulgações aqui nos comentários.