26 de setembro de 2013

Iori Tomita - New World Transparent Specimens (2005)

Um pescador que se tornou artista em Yokohama-Japão, Tomita cria sua arte usando os esqueletos de várias especies de animais marinhos, das quais ele preserva e então pinta com corantes de cores brilhantes.
O processo desfia cada criatura até as partes mais duras de seus restos e Tomita já coloriu mais de 5000 criaturas mortas desde 2005, o que é incrivel, já que cada peça demora ao menos algumas semanas para completar enquanto outras até um ano inteiro..

 .
[leiamais]

"Mesmo que seja apenas especies transparentes, eles estão cheios do drama dos organismos do qual e possuía tanto amor. Eu quero que as pessoas apreciem a beleza da vida, trate a vida com respeito e entenda que existe um drama acontecendo que não é a respeito deles quando eles olham para as especies, estas especies que você ve aqui são mesmo animais que morreram por algum motivo ou suas carcaças foram jogadas fora por um pet shop ou pescador... Eu uso animais que faleceram e dou um novo proposito a eles".

















.
O site do artista: http://www.shinsekai-th.com/en/profile.php .
.
.
Oi galera!!! Aqui é a @FelineSade.
Meu tumblr (+18) http://feline-luxuriae.tumblr.com/.
Ah! Obrigada viu Forelly! *O*

9 comentários:

Guto disse...

mas o que diabos isso tem a ver com o blog!?!?!?!?!?!

Unknown disse...

Guto, se vc acha normal colorir ossos de criaturas mortas (mais de 5 mil), então realmente não tem nada de mais.

Kim disse...

http://predominiodoterror.blogspot.com/2013/09/bob-esponja-como-voce-nunca-viu-nem.html

Vejam esses cartoons bizarros do bob esponja.

Tive pesadelos com essa coisa...

Pyo disse...

Tão lindos ;;;;

Ruan Moraes disse...

#TerrorEm1Minuto agora vamos mostrar como o mal pode estar perto e vc nem perceber, #OTruquedoDiabo

http://migre.me/gdGeO

yasmin pompeo disse...

muito interessante !!! e sobre a questao de "o que que essa coisa tem aver com o blog " ??
Bom querido as vezes e bom variar ne !!! ^_^

vinicius kullack disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vinicius kullack disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vinicius Kullack disse...
Este comentário foi removido pelo autor.