18 de novembro de 2013

Morador surpresa

Quando era pequena, eu morava em uma casa bem grande feita de tijolos. Na casa tinha um sótão, com uma abertura na sala, no quarto da minha irmã e outra do lado de fora. Sempre tive pavor do sótão, podia jurar que ouvia passos de noite mas sempre era consolada com minha mãe explicando que eram ratos. Agora moro em um apartamento e, como sempre, tenho medo. Como não tenho sótão ou porão, o que me assusta agora é não conhecer os antigos donos ou a história deles. Não sei o que aconteceu aqui, se alguém já morreu nesse exato quarto onde durmo e isso me deixa bem paranóica. Para piorar, achei uma postagem no Tumblr que me deixou muito arrepiada. A história é a seguinte:

Me mudei para uma casa a um ano. Os antigos donos construíram a casa no começo de 2000, e mudaram para a Índia dois anos depois.  Essa foto mostra o quarto dos meus pais. Lá achamos isso:





Eu estava brincando com meu irmão caçula e o empurrei contra a estante. Quando ele caiu, ele puxou a estante junto. Sempre consideramos que ela estava colada na parede. O que diabos?


Tinha uma escada em espiral lá. Então nós descemos... péssima ideia.



Aqui está uma foto do que eu conseguia ver do topo da escada. A escada acabava em uma parede. Parece
inútil, certo?


NÃO. Esse espaço estava na metade do caminho. Parecia vazio, mas se você rastejasse nele...


... você acharia isso.  Alguém estava morando nas nossas paredes. NAS NOSSAS PAREDES. Essa é minha bala do Halloween. Alguém entrou no meu quarto, pegou da minha bolsa e trouxe para cá. E essa casca de banana. Trinta segundos após tirarmos essa foto, nós percebemos o que significava e o que diabos estava acontecendo lá..


Aqui está outras coisas que achamos lá. Esse elefante estava escondido embaixo dos cobertores.


Também achamos essa chave. Não temos a menor ideia do que ela destranca.


Essas malditas bonecas. Essas porcarias são assustadoras.


Desculpe-me pelas fotos ruins, mas foi o máximo que consegui nessas circunstâncias. Vou tentar dar novidades para vocês com o que os policiais acharem.


ATUALIZADO



Muitas pessoas pediram para eu contar o que aconteceu. Aqui está, mas eu não tenho o que tirar fotos, então coloquei só essa para provar. De qualquer jeito, aqui está o que aconteceu:
Eu fiquei na casa de um amigo meu enquanto a polícia investigava a minha casa. Eles não acharam ninguém.
Me disseram que a pessoa devia estar morando lá temporariamente, o que não faz muito sentido para mim.
Mas, parece que ele vem por um tempo e vai embora, em períodos. Eles perceberam isso por causa da falta de suprimentos, e as coisas forenses, eu não sou um policial.
A polícia também disse que iam fazer uma busca por quem estava morando lá, mas que achava que não iam encontra-lo.
Fizeram um teste de DNA, mas o teste provavelmente não vai dar nenhum resultado. 
Não tem outra entrada para a passagem secreta, então a pessoa estava usando o quarto dos meus pais para entrar. 
As paredes são incrivelmente a prova de som, então provavelmente é por isso que não percebemos. Nós fomos liberamos para voltar para a casa hoje, mas obviamente não vamos ficar lá, apenas uma precaução caso ele ou ela volte.
Meus pais disseram que eu não posso a voltar lá, e acredite, eu tentei. Na verdade, eles entraram e mexeram no lugar todo. A polícia levou tudo de lá embora, por isso não pude tirar mais fotos.

Eu vou incluir aqui algumas respostas a perguntas que me fizeram, porque obviamente há muito ceticismo em relação a isso. Eu ficaria muito cético também.

P: Onde estão os outros pertences de quem estava morando lá?
R: Parece que ele ou ela só estava morando lá periodicamente.. Suas roupas foram colocados no canto, o que eu não conseguia ver no escuro. A polícia encontrou mais tarde.

P: Porque a banana parece fresca?
R: Eu estava comendo quando desci, haha. Estava escuro, a única maneira de eu enxergar era pela luz fraca do meu celular. Nós não conseguimos encontrar uma lanterna. Vimos os cobertores, mas estava escuro demais para ver o que eles eram. Eu joguei a banana neles, e depois, quando nada aconteceu, eu tirei uma foto com o flash para ver o que era.  

P: Como é que você não percebeu ou viu o quarto na planta da casa?
R: É, eu realmente não posso explicar isso. Eu perguntei à minha mãe, e ela disse: "Eu acho que nós fizemos besteira." Eu honestamente não posso explicar .. Hum, e quanto não notá-lo, eu acho que estava realmente escondidos sob as escadas.


P: Você escreve como se tivesse 25, mas tem doces de Halloween?
R: Tenho 15 anos. E, aparentemente, sou um bom escritor.

P: Você está bem?
R: Sim, eu estou perfeitamente bem, apenas um pouco assustado. :)
  

P: Onde ele fazia cocô?
R: Eu não quero pensar nisso.

Vocês tem algum medo ou história relacionada aonde vocês moram? E sobre a história desse post, o que vocês fariam?

Sabine d'Alincourt

59 comentários:

Felipe disse...

Sinistro :ooooo

ÁgnerH disse...

Na minha casa antiga alguem ficava batendo na janela do meu quarto toda madrugada, até que um dia parou.

Antonio disse...

No meu caso acontecia isso que o ÁgnerH disse. Mas chamava com "psiu" ou pelo nome de madrugada com uma voz feminina bem baixa. Felizmente não aconteceu mais

Fernando disse...

Esse psiu eu escuto de vez em quando, sempre quando estou sozinho. Nunca tentei responder e nem tenho vontade.

Coringa disse...

Ah sim, já ouvi esse psiu quando estive em Pitanguí - MG. Eu pensei que fosse minha irmã me chamando no outro quarto, eu fui lá ver e ela estava dormindo. Foda que continuou até certa hora da noite, eita barulho insuportável.

xDaniieLx disse...

sinistro e as coisas que acharam parece tudo bem recente mesmo! o.O

Priscila Boltão disse...

A pessoa que fez esse post no imgur fez uma atualização depois: http://imgur.com/gallery/fUou2
Minha casa é nova, mas eu tenho dessas de ouvir coisas lá. Mas o negócio é que a gente pode estar ouvindo fantasmas.... ter uma pessoa de verdade dentro das paredes me parece bem mais assustador.
Chamem os Winchester!
(Tem um episódio assim, né? Temporada 4, uma garota e seu irmão morando nas paredes de uma casa....)

ARIANE SUAN disse...

assustador !! ainda bem que meus avos que construirão a casa onde eu moro, e antes disso aqui era um terreno sem nada.eu posso ficar despreocupada porque minha casa não esconde nem mistério

Gustavo Kotarski disse...

Eu tive uma situação equivocada durante a infância.

Era uma noite de luar forte, ou seja, estava tudo bem iluminado lá fora pela luz da lua. No meio da noite despertei com três batidas suaves no vidro da janela. Silêncio. Novamente três batidinhas suaves no vidro da janela e eu, com a maldita inocência das crianças me virei na cama para olhar o que era. Maldita decisão. O que eu vi, tive a sorte de não ver pessoalmente graças a cortina. Apenas vi uma sombra, parecia um homem alto, perdi o fôlego. Tive um mau pressentimento e me virei rapidamente pro outro lado da cama e me cobri com o cobertor até a cabeça. E fiquei quieto, novamente ouvi as três batidas.

O ar parecia estar ficando mais pesado e difícil de respirar (talvez por causa de estar encoberto até a cabeça...) E novamente escutei as três batidas. Silêncio. Novamente três batidas, seguidas de silêncio. E de novo e de novo, até que cessaram. Parece que se passaram horas até eu juntar um pingo de coragem e me virar de volta pra janela e olhar. Não tinha mais nada lá, o problema é que eu não ouvi passos se ausentando da frente da janela.

Outra situação chata é você estar dormindo e bater em algo com a sutileza suficiente pra você acordar e não ter nada no quarto ou no lugar que você bateu.

Licia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Licia disse...

Neste caso vc deve ter mais medo dos vivos do que dos mortos. Chama a policia que é cilada!!!

Kol disse...

Credo, que tenso!

O que eles deveriam fazer era botar concreto nessa passagem e colar a estante na parede e_e Pelo menos iria garantir que ninguém mais entraria nesse lugar! rs

Vai saber se não são os próprios donos antigos que construíram e continuam usando a casa para se abrigar (qdo voltam lá) ou algo assim?

Plötzlicher Tod disse...

É una cilada,Bino!

Plötzlicher Tod disse...

Mano,eu ri com a última pergunta kkkkkkkk'

P3R3B4S disse...

Que assustador kkk

fabricio alencar disse...

mas tá parecendo que a pessoa tem uma dupla personalidade!

TiaDaMarmitex disse...

É um rato

Morguy Maccari Foiato disse...

Conheço uma situação parecida...
No interior de uma cidade morava uma família (nossos vizinhos mais próximos). Eu era amiga de uma das menias da casa, ela me contava que quando eles iam dormir sempre ouvia barulhos de panelas e portas dos armários da cozinha batendo forte. Ela dizia que sempre tinha sido assim desde quando eles compraram o sitio.
Depois de um mês eles chamaram um padre pra benzer a casa, mas nada adiantou. Por isso venderam o sitio e na nova casa isso não voltou a acontecer.

Shelda Tenório disse...

Bizarro °-°
Passo por algo estranho em casa. Fecho a porta do meu quarto, ela abre.A porta da frente vive fazendo barulhos (como se alguém quisesse entrar em casa), mas quando vou olhar não tem ninguém (ela está trancada). Quando vou dormir ouço um barulho perturbador (não é funk), me parecem sussurros, seguidos por batidas na porta de meu quarto, então como já estou acostumada cm essa porcaria, mando o fantasma ou quem quer q seja calar a boca que eu quero dormir, ai tudo para e começa de novo no dia seguinte. -,-

Cherry Dumbledore disse...

As vezes, de noite, eu ouço uma pancada no meu armário, então eu encarno o idiota de filmes de terror e vou ver o que foi aquilo. No fim, tá tudo normal e_o

Juliana Nunez disse...

essa bonecas chama-se "Nazarenas"sao tipicas da cultura portuguesa

http://3.bp.blogspot.com/-2aT1Jn9SL2M/Uk1eF9LQRVI/AAAAAAAAUow/RiE8VuVJQho/s1600/1+Boneca+Portuguesa.JPG
http://images01.olx.pt/ui/26/34/15/Fotos-de-Boneca-Nazarena_440932915_1.jpg
http://4.bp.blogspot.com/-IZdwkWkz1OI/UkzgZ7dkiXI/AAAAAAAAPKE/0bdGmeGnr0s/s1600/1369128_171512296375167_1952932780_n.jpg

Eduarda Furtado Duarte disse...

Tanto eu quanto meu pai, mais ou menos 3 horas da manhã, escutávamos barulhos realmente altos como se um ser estivesse se chocando contra a parede do corredor, sem contar nos passos provindos do quintal dos fundos que ouvíamos frequentemente. Ainda bem diminuiu bastante, mas mesmo assim há vezes que ainda podemos escutar... É realmente horrível. ;s

Stephanie Corrêa disse...

Eu juro que pensei na possibilidade dos intrusos moradores serem as bonecas. e.e

Divah Gina Berta disse...

Cara, o mais estranho é que nos comentários acima todos ja passaram por experiências sobrenaturais. Esse psiu, eu ouço também quando estou sozinho, é muito estranho, barulho de panelas batendo ja aconteceu também, mas é raro, eu me cagooo, sou medroso demais qualquer barulho fico com medo, quando ouço Psiu eu abro a porta dos fundos pro meu cachorro entrar e ficar comigo, sério...

Diego Geovani disse...

No antigo prédio do meu serviço aconteceu uma coisa parecida. um tempo depois do local alugado um senhora foi fazer uma limpeza em uma das sala e apertou um botão que abriu uma porta escondida da mesmo forma que essa, dentro tinha uma mulher morta (ossos e talz) dai chamaram a policia e rolou mó investigaçao

rex disse...

bom vocês tem sorte de só ouvir,eu já vi alguém do meu lado quando acordei parecia uma criança só que tinha um sorriso muito sinistro e ficava me encarando olhando pra mim (o estranho que eu já tinha sonhado com essa criança antes antes) resultado não consegui dormir,sorte que foi de dia.

ChromusMaster disse...

Bem na casa dos meus pais, a casa em si estralava muito. Coisa que chegava a assustar, passos muitas vezes podiam ser ouvidos de dentro da casa (e não eram de alguem levantando para ir a cozinha ou ao banheiro). Antes dos meus pais comprarem a casa, ja havia uma historia de que um antigo morador fez algo de muito ruim naquele terreno. Bem não sei dizer se houve algo mesmo, mas que a casa é estranha, isso ela é.

Mariele Romano disse...

Moro no 42º andar de um edificil, se eu fosse me preocupar com todos os barulhos que eu ouço, ja teria morrido

●•[ΚΛЦΣ 3D]•● disse...

Minha vó uma vez me disse que quando vc escuta alguém chamar ou escuta um psiu, e não tem ninguém, é a morte chamando, então vc tem que dizer SAI MORTE QUE EU TO FORTE, é bastante ridículo, mas faz com que pare.

Belle hyuuga disse...

na minha casa que estou eu vou dormi as 01:00 só que 'quanto dá 03:00 eu acordo e não consigo durmi poqe quanto eu tento alguem puxa meu pé ou aperta minha mão e tira meu coberto mas quanto dá 04:00 consigo durmi sinistro acontece toda noite

Sinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
revolt disse...

Sinha, se você tivesse prestado realmente atenção perceberia que se tratam de duas histórias e dois autores diferentes, dado que a pessoa que escreveu esse post citou um medo que ela tinha e depois falou sobre um caso que achou no Tumblr.

Gabriela disse...

Minha casa estala durante a noite, mas acredito que sejam os móveis dilatando , madeira estala muito com a mudança de temperatura. Escuto muitos barulhos no telhado , mas prefiro crer que sejam gatos .. porém , há um tempo atrás, eu juro que escutava passos perfeitamente, como se alguém estivesse andando no telhado , gatos não são tão pesados assim.

Sentimental Girl disse...

Wow, quem (ou que) será que morava aí?
Me lembrei na mesma hora de um ep. do Supernatural

SrDolan secsiladyopiopi disse...

eu ja respondi esse tal de "psiu" depois disso as janelas da minha casa apareceram estouradas

SrDolan secsiladyopiopi disse...

Belle hyuuga fia 3:00 noq eu lembro nas rodas de medo com meus amigos foi quando uma bruxa morreu e ela fez 4 linhas 1 pra frente 1 pra tras 1 pra esquerda 1 pra direita entao sua casa deve ta nessas linhas

Luã disse...

Na época em que eu morava em realengo, eu sempre ouvia passos, via vultos, ouvi pessoas me chamando... Mas eu era pequeno na época, então só ficava com medo, mas sem entender... Hoje em dia, eu procuro essas coisas sobrenaturais, e acabo encontrando coisas muito bizarras, tipo, já deve fazer uns 2 meses que eu tenho acordado todo dia, cerca de 3 horas da manhã (todos aqui sabem o que ocorre as 3, assim espero kkk), ouvindo alguém me chamar, vendo que minha coberta foi arrastada para longe de mim, assim como meu travesseiro, e as vezes até o lençol que forra o colchão. Algumas vezes (mais raramente), eu sinto como se alguém estivesse sentado em minha cama, me observando, e eu prefiro nem abrir os olhos....Mas eu não fico com medo, por alguma razão, sei que não vai me fazer mal...

Ze coxinha disse...

Eu vi o post original no 9gag e nao querendo desmerecer o post nem nada mas, a parte da banana no post original, ele fala q ele boto a banana ali do lado para as pessoas terem ideia do tamanho das coisas ao redor... ele usou um como um "escala"

Hasuo Yamazaki (Alijenu) disse...

Bom ter falado isso Ze Coxa,pessoal do Blog se puder atualizar. e.e

Ana Clara disse...

mas cara........ quem garante que ele já não sabia que tinha essa passagem e ele simplesmente invento essas coisas..................?

AllyCorreia disse...

Bem, eu tenho uma historia que só contei para meus amigos do grupo azul. Como esse meu nome é fake vou aproveitar pra contar... Eu sou, digamos, especial... Desde os 6 anos percebi algo nisso... E percebi também uma presença... Algo estava me observando mas não conseguia ver. Eu tenho muitos pesadelos desde criança, também via vultos...
Meu pai me contou há um ano atrás que quando nos mudamos para essa casa (eu era pequena, nao sei quantos anos tinha na época) os vizinhos macumbeiros notaram algo de estranho no quintal, dizeram que tinha coisa enterrada lá. Eu nunca acreditei muito nessas coisas... Mesmo quando eu descobri que era... peculiar. Tinham noites que eu sentia uma energia pesada além da sensação de algo me observando. Depois da descoberta isso foi aumentando, veio junto com sussurros e eu via uma aura vermelha. Até que em um dia eu tive pesadelo. Acordei gemendo. Tinham duas pernas na minha frente e eu sentia algo molhado entre minhas pernas. Fechei o olho e desejei que aquilo fosse embora. Bom, eu ainda sentia molhado mas passava a mão e estava seco... Estranho. Depois de uns dias meus amigos disseram que aquilo podia ser um demonio colado em mim, se alimentando de mim, já que possuo uma energia forte...
Já vi vultos brancos também uma noite dessas.
Minha irmazinha já viu um tal homem pela casa uma vez.
Faço proteções, mas há vezes que escapa... Já me acostumei com isso.
Convivo com um hóspede nada agradável. Bom, acreditem se quiser.

heitor vinicius disse...

Gente, olha isso não é brincadeira.toda vez que eu vou dormir eu ouço barulhos no fundo de casa.E Porque eu devia me preocupar?vou responder:MEU FUNDO DE CASA É UM TERRENO BALDIO!E mais, as únicas entradas pra eles é passando pela cerca de arame farpado. pulando o muro do mercado, a porta dos fundos,a porta dos fundo do meu vizinho e os muros do posto.isso me leva a disconfiar do Slender Man, pq ele é silencioso e pode passar por nossas casas.E um fato:Minha porta dos fundos TEM UMA GRADE! Mais algo: Os muros do mercado tem arames farpados e o posto é 24 horas, e os funcionários vigiam todo o posto.As cercas tem um buraco enorme em volta delas e mais, moro aqui faz 3 anos e ainda não conheço esse mato direito,ou seja, não sei se tem ou não cobras .Por isso , acho que só pode ser o Slender Man acreditem gente!

heitor vinicius disse...

E Mais galera, isso ocorreu ano passado quando tinha 10 anos.Normalmente quando eu tinha insônia, eu ia assistir tv (se n tivesse nada de legal eu ia procurar um dvd pra assistir)eu via atrás da porta do banheiro uma sombra esquisita, como se alguem estivesse me olhando.Quando dava 2:50 da madrugada eu ia tomar banho e examinava atrás da porta mas não tinha nada.Logo eu fui deitar com minha mãe (ás veses meu pai fica de plantão na polícia e eu deitava com ela)e como eram 2 anos nessa casa tinha bastante rangido quando abria a porta do quarto e claro que minha mãe acordava.Quando fui deitar, olhei no relógio : 2:59.e figuei um minuto deitado.Logo começei ouvir enormes estrondos no telhado e logo começaram a ficar maiores e maiores como se zeus quisesse destruir nossa casa até que parou e comecei a ouvir os barulho na escadinha dos fundo.Era como passos de uma pessoa qualquer.Mas os estrondos é impossível de esplicar, não podia ser gatos pq é difícil encontrar gatos na nossa cidade.Nem ratos pq são pequenos.E muito menos o Homem-Aranha ferrando mais um vilão.

Accel disse...

Nunca fiquei tão feliz em saber que nada disso acontece comigo o.O

guga disse...

Aconteceu algo muito estranho comigo e com minha família quando eu tinha 2 ou 3 anos. Eu morava num sobrado que foi desapropriado pelo banco por falta de pagamento dos antigos moradores então nunca conhecemos eles mas quando chegamos na casa havia muita sujeira. Eu nunca gostei da escada, sentia uma energia estranha emanando de lá, mas como era muito pequeno não conseguia explicar isso, até que um dia quando eu tinha 2 anos e meio, eu estava tomando banho e de repente surgiram "criatura" mais ou menos do meu tamanho mas eram translúcidas e de diversas cores, dei um grito e quando minha mãe chegou eles sumiram. Depois de algum tempo nós fizemos um churrasco e eu estava brincando com a minha prima na calçada e tinha umas cinco pessoas na sala, um deles era meu tio, já falecido que devido á uma deficiência não andava e possui apenas 93 centímetros, segundo a minha mãe ela começou a ouvir passos e todos os que estavam na sala viram duas pernas descerem a escada e passarem correndo em direção á porta e sumiram o meu tio disse que as pernas esbarraram nele e eram muito geladas.Segundo uma pastora evangélica era uma macumba que tinham feito contra a casa, pois quando nós nos mudamos isso tudo sumiu.

Malice Loly disse...

No ano passado eu estava conversando com uma amiga de madrugada (ela normalmente passava os finais de semana na minha casa), quando senti sede e fui pegar um copo d'água na cozinha. Não sei que horas eram, mas creio que era pouco antes das 4. Um tanto sonolenta, peguei meu copo e, enquanto bebia, fiz o que sempre faço de olhar para a porta que dá para a varanda. O diferente naquela noite é que pude ver claramente a figura branca e translúcida de um homem por volta de seus 50 anos parado ao lado da geladeira me encarando. Lembro perfeitamente dos detalhes do rosto. Tinha barba espessa, usava camisa por dentro da calça e cinto de fivela grande, um chapéu na cabeça como um dos velhos fazendeiros que viviam pelas bandas de Angra dos Reis (onde eu morava) na época colonial. Feições portuguesas, olhos estreitos escondidos por sobrancelhas grossas, nariz arqueado e era um tanto corpulento. Terminei de tomar minha água no que olhava o visitante, sentindo-me mais como a intrusa da situação. Coloquei o copo sobre a mesa e esbocei minha única reação quanto ao caso: dei um "joinha" pro fantasma e sussurrei um "beleza?", virando rapidamente de costas e correndo pro meu quarto.
Quando eu conto essa história as pessoas riem de mim, mas aconteceu mesmo... ._.
Minha amiga tá de prova, já que quando voltei pro quarto logo falei pra ela "melhor não ir na cozinha por que tem um tio sinistro do lado da geladeira".

*Le kako* disse...

Uma vez eu acordei lá pras 03:40 da manha e enquanto eu vegetava pra tentar dormir de novo eu senti braços passando pela minha cintura por cima do cobertor (eu odeio dormir descoberto por isso eu durmo totalmente coberto ate a cabeça. Meio bobo eu sei) e os braços ficaram em cima de mim por quase 2 agoniantes minutos enquanto eu ficava paralisado sem querer saber oque era e tentando imaginar que era meu gato deitado em cima de mim mas eu sabia que nao era. Eu nao quis dormir mais aquela noitw entao fiquei mexendo no celular até dar minha hora de ir pra escola. Ainda bem que só aconteceu uma vez e nunca mais.

anna marques disse...

Quando que vamos saber o resto da história? :(se eu ouvisse alguém batendo na minha janela,ia parar de ouvir na primeira batida mesmo porque eu já ia estar no japão evitando ouvir a segunda vez.

dogpupe disse...

Quando eu fico de férias, de vez em quando eu gosto de virar a noite lendo, ouvindo música, vadiando na internet, ou simplesmente ficando acordado mesmo, só pra ver até onde o sono aguenta. Comecei a fazer isso aos nove anos, e estou nessa até hoje, oito anos depois. Porém, nas ultimas férias eu parei de fazer isso quando fui passar as férias com meus primos na casa da minha avó. Toda noite que eu tentava ficar acordado eu escutava vozes cantando músicas bizarras no corredor, passos, coisas caindo, batidas na janela, e uma vez, alguém forçou várias vezes a maçaneta da porta do meu quarto, tentando abri-la. Graças a Deus a porta estava trancada. Nunca mais fiz isso desde então.

Fernando Carlomagno disse...

Carai, só deu merda pra esse povo que comentou esse post, tão tudo marcado pelo Demo!, #salvaeleschessus!

Izzy disse...

Não sei se fiquei com mais medo do post em si ou dos comentários '-'

matheus guarnieri disse...

Ola adoradores de terror, tenho uma historia para vocês, nunca aconteceu nada de estranho comigo nessa casa, mas um dia eu fui dormir na casa da minha vó e acordei na noite, era perto das 6h da manha pois já estava um pouco claro, mas o clima de medo continuava, passou um pouco de tempo eu ouvindo o tic tac do relogio, até que comecei a ouvir passos, e você pergunta ' há era o tic tac seu retardado' pois eu respondo não, não podia ser pois o relogio ficava na cosinha, e eu estava dormindo na sala, então não podia ser o tic tac, continuando, os passos começaram a ficar mais altos, até que eu comecei a ter uma dor de cabeça forte, eu pensava que era minha imaginação pois estava com medo, mas a dor de cabeça confirmava que não, tentei gritar mas não conseguia, pois alguem estava apertando minha garganta, até que pum parou, e logo pegei no sono, me lembro desse dia como se fosse ontem, graças a deus nunca mais aconteceu.

matheus guarnieri disse...

Ola adoradores de terror, tenho uma historia para vocês, nunca aconteceu nada de estranho comigo nessa casa, mas um dia eu fui dormir na casa da minha vó e acordei na noite, era perto das 6h da manha pois já estava um pouco claro, mas o clima de medo continuava, passou um pouco de tempo eu ouvindo o tic tac do relogio, até que comecei a ouvir passos, e você pergunta ' há era o tic tac seu retardado' pois eu respondo não, não podia ser pois o relogio ficava na cosinha, e eu estava dormindo na sala, então não podia ser o tic tac, continuando, os passos começaram a ficar mais altos, até que eu comecei a ter uma dor de cabeça forte, eu pensava que era minha imaginação pois estava com medo, mas a dor de cabeça confirmava que não, tentei gritar mas não conseguia, pois alguem estava apertando minha garganta, até que pum parou, e logo pegei no sono, me lembro desse dia como se fosse ontem, graças a deus nunca mais aconteceu.

Jullyanna Mazzucchi disse...

Horrível.... Imagina morar numa casa onde tem esconderijos secretos?!! Que medooooo

Catherine disse...

Cara, o melhor desse post são os comentários
"Coloquei o copo sobre a mesa e esbocei minha única reação quanto ao caso: dei um "joinha" pro fantasma e sussurrei um "beleza?", virando rapidamente de costas e correndo pro meu quarto.
Quando eu conto essa história as pessoas riem de mim, mas aconteceu mesmo... ._.
Minha amiga tá de prova, já que quando voltei pro quarto logo falei pra ela "melhor não ir na cozinha por que tem um tio sinistro do lado da geladeira".
Eu to rindo tanto disso KALJSHDLKAJSDHASKJDHASKJDHASDKJASHD

Giovanna disse...

O post é muito legal, mas os comentários ganham. Acho que o Medo B deveria fazer alguns posts sobre coisas "estranhas" que já aconteceram com os leitores!

Toon Silva disse...

Os comentários dão mais medos do que os posts o.O

Pedro Ivo Faro disse...

A bem da verdade não me lembro de nada em especial (ao menos nesse naipe do que o pessoal falou) ter acontecido comigo. A maioria acho que foi mais por estar "brigando com o sono" mesmo.
Apenas uma vez, deitado de cara pro travesseiro, qd levantei olhei pro travesseiro (que era branco com estampas de folhas), vi as estampas de folhas se mexendo. E outra vez, quando estava deitado e prestes a pegar no sono, em vez de eu "apagar", minha visão começou a se contorcer (ou retorcer, sei lá), e ficar azulada. Quando começou a meio que entrar em espiral (n sei precisar o tempo, mas n passou de alguns segundos) eu me mexi, dei duas piscadas nos olhos e tudo voltou ao normal.
E outra vez eu já começando a dormir (naquele estado de "latência", onde vc já caiu no sono mas com qualquer besteirinha vc acorda) senti algo se mexendo no pé da cama (inclusive balançando o meu cobertor), o que me acordou. Esperei mais alguns segundos, e mexeu de novo. Sentei na cama, me inclinei e olhei no pé da cama, esperando ver o meu cachorro. Não havia nada... Quando me levantei pra olhar, lembrei que o cachorro tava dormindo no quarto da minha irmã.
Fora essas coisas, acho q nunca tive mais nada não.