9 de dezembro de 2013

Vovó dormia ao lado de um defunto.


Uma viúva ficou tão arrasada com a morte de seu marido que acabou deixando de se comunicar com outras pessoas. O que aconteceu?

Ela então dormiu com o cadáver de seu amado por quase um ano inteiro.

Os restos  supostamente mumificados "" de Marcel H. 79, foram encontrados em um apartamento em Bruxelas, capital da Bélgica. Acredita-se que Marcel H. morreu de um ataque de asma em novembro do ano passado mas, sua esposa de 69 anos, que não quis ser identificada pela a imprensa manteve os restos mortais de seu falecido esposo bem ao seu lado na cama.

Em outras palavras, a mulher era tão ligada ao homem que preferiu suportar o mal cheiro de um cadáver do que aceitar que seu marido já não estava mais entre os vivos.

Curiosamente, os vizinhos não  sentiram  o mau cheiro que emanava do quarto do casal  e só foram desconfiar de que algo estava errado quando o proprietário do imóvel se queixou de que os  velinhos deixaram de pagar o aluguel, que estava atrasado desde o final de 2012.
Será que o corpo realmente estava mumificado?
Philippe Boxho, um patologista forense, disse o seguinte sobre este caso. "Um corpo pode se tornar mumificado em um ambiente seco e quente. Você precisa de pelo menos uma semana para chegar a esse estado. Neste caso, o corpo tinha apodrecido na cama e seus órgãos internos foram desfeitos e se misturaram. O resultado disso, criou um líquido que se espalhou pelo o colchão, tornando o local um verdadeiro ambiente repleto de insetos e vermes. Em resumo, o corpos não estava mumificado e sim podre!"

E você? Topa dormir quase um ano todo ao lado de um defunto? Tem coragem?









Fonte

8 comentários:

Vicente disse...

Velho fazendo o que? velhice.. UAHUAHUA

Pâmela nakamura disse...

Ai ecaa que veia porca

Caroline Oliveira disse...

Ainda bem que ela não quis fazer sexo com ele, ou quis.... Imagina? :p

cristina dill disse...

e o medo de ficar sozinha.eu entendo ela.ninguem deseja se separar da pessoa amada..

Liah Morhy disse...

A dor da perda foi tão grande, que a pobre senhora não se importou em ficar com os restos do marido, isso é uma loucura de amor.

Serial Ki11er disse...

Vão os Dois pro inferno

Shaka Jean Jorge disse...

eu concordo também, ninguém às vezes supera.

Alexandre Pereira disse...

verdade