26 de julho de 2014

Charles Manson - Mentes Diabólicas #10




Você prefere a história em video ou texto? Você escolhe!


Nascido em 12 de novembro de 1934 em Cincinnati, Charles Manson é filho de Katherine Maddox que engravidou aos 16 anos em meio a prostituição, ela já tinha também passagens na polícia por roubo a mão armada e ainda obrigava seu irmão, tio de Charles Manson a roubar para ter o que comer. Quando presa, Charles a visitava na prisão, mas ela era sempre indiferente e o rejeitava. Nesta época ele vivia em outra cidade com os tios religiosos que o levavam sempre à igreja mas o que ele gostava mesmo era de cantar.

Viveu um período com outro tio que não o deixava ir à escola e queria que ele vivesse como um homem da montanha. Aos 9 anos, Manson incendiou a escola e foi levado pela primeira vez para um reformatório. Quando sua mãe estava livre, ele passou cinco anos com ela que ainda se prostituía e Manson chegou a acompanhá-la enquanto ela estava atendendo seus clientes. Sabendo disso, o tribunal local decidiu que o garoto deveria ser internado em uma escola para garotos, certa vez ele fugiu para novamente estar perto da mãe, mas esta o levou de volta ao internato por não ter condições de criá-lo. Decepcionado ele passou a desacreditar que um dia sua mãe iria retirá-lo dali e passou a desacreditar em qualquer ser humano. Fugiu outras vezes e decidiu sobreviver nas ruas, em uma vida de pequenos crimes até ser preso novamente e fugir depois de 4 dias.

Aos 13 anos voltou a roubar desta vez à mão armada, preso mais uma vez em um reformatório, dizia que lá era violentado e espancado e fugiu 18 vezes, roubou carros e foi preso novamente em outro reformatório, de onde saiu em liberdade provisória em 1954 com 19 anos, mesma época em que seus futuros seguidores eram apenas crianças.

Aos 20 anos Charles Manson ainda não havia abandonado sua vida de crimes, devido a tantas prisões que passou, começou a ver o mundo da mesma forma que na prisão, onde havia uma hierarquia onde todos deveriam obedecer a uma única pessoa e viver em uma forma diferente de família. Quando saiu da prisão em 1967 sob condicional, dizem que sua vontade era continuar ali, pois era o único lar que havia passado mais tempo e tudo o que conhecia, sua família de verdade.

Naquela época usava-se muito LSD e uma outra droga chamda Speed, que causava paranóia, era a época Hippie de São Francisco e Charles Manson deveria se adaptar a esta realidade, ele era anti-social e estava disposto a voltar à prisão. Nas ruas, ele tinha um grande poder de persuasão sob as pessoas, principalmente aqueles que brigavam com os pais e decidiam sair de casa, começou a acolher estas pessoas e formar então a "Família Manson", em sua maioria garotas, o grupo passava noites conversando sobre diversas coisas, tocando guitarra e cantando. Depois de algum tempo, Charles Manson começou atrair mais pessoas e cada vez a exercer mais controle sobre elas. A família Manson começou a viajar pelo país, Charles Manson chegou a ter a ajuda de um dos Beach Boys na gravação de algumas músicas tentando ser um astro do Rock, mas não obteve sucesso, Manson ainda acusa a banda Beach Boys de terem roubado algumas de suas músicas.

Em 1968 a família Manson foi morar em um rancho afastado da cidade, onde poderiam viver como bem entendessem, , Manson usava o LSD como forma de dominação sob as pessoas, distribuía ácido entre os membros da família porém ele não usava tais drogas. Assim exercia sempre cada vez mais controle, passou a pregar a filosofia de que não havia certo ou errado e que a vida e a morte eram a mesma coisa, todos viveram no rancho muito tempo isolados da sociedade. Charles Manson se tornaria cada vez mais paranoico e violento.

Certa noite Manson acordou três garotas membros da família e pediu que fossem junto com Tex Watson um garoto também da família em uma missão e deveriam seguir suas ordens sempre. Estes seguiram de carro até uma grande casa onde algumas pessoas passavam a noite, incluindo Sharon Tate, esposa do diretor de cinema Roman Polanski, grávida de 8 mêses.

O garoto Tex foi o primeiro a entrar na casa, do carro as garotas ouviram quatro tiros, seguiram-no até a casa, entraram pela janela que estava quebrada, ao entrarem um dos homens que estavam na casa tentou reagir, mas tomou um tiro disparado por Tex. Os outros horrorizados tentavam escapar, mas foram amarrados, os que conseguiam correr alguns passos foram mortos a facadas, ao final de tudo havia sangue pela casa toda, pessoas com cordas foram enforcadas, na porta escrito com sangue estava a palavra PORCO. Foram ao total mais de 100 facadas todos seguiram exatamente as ordens de Tex que por sua vez seguia as ordens de Charles Manson.

Na noite seguinte o ato se repetiria, desta vez na casa de um rico empresário, Manson queria que os membros da família provassem sua lealdade, desta vez ele foi junto, invadiu a casa, amarrou o casal que alí morava e partiu deixando que seus seguidores seguissem suas ordens, Tex desta vez tinha a missão de fazer com que as garotas todas tivessem as mãos sujas de sangue, que todas fizessem algo para contribuir com aquelas mortes. Ao final da noite, havia uma faca enfiada no estômago do executivo e outra em sua garganta, em sua carne estava escrita a palavra "GUERRA", sua esposa foi encontrada com um travesseiro na cabeça, um fio enrolado em seu pescoço e na parede estava escrito com sangue "MORTE AOS PORCOS" também havia "ELEVAR-SE" e na porta da geladeira estava escrito "Helter Skelter" o nome de uma música dos Beatles que pode ser traduzida como "DESORDEM", ele faz referência à um tobogã que existia na Inglaterra esse termo podia ser usado também como algo em "DECADÊNCIA", estas palavras eram escritas pois as ordens de Manson eram, "Se for fazer alguma coisa faça direito, deixe algo para saberem que você esteve lá, façam sem medo, assim como eu os ensinei" . Nesta noite resultou em mais de 67 facadas no casal.

As notícias dessas mortes causaram pânico na cidade, ricos e famosos estavam partindo daquele lugar e os que ficavam estavam comprando pistolas e andando armados. Ninguém sabia ainda quem havia praticado os crimes, até que a família Manson foi presa sob acusação de causar roubo e incêndio de carros e Susan Adkins, uma das garotas da Família Manson contou à uma companheira de cela que eles haviam matado aquelas pessoas, esta por sua vez contou aos policiais, cinco mêses depois Charles Manson e outros 5 membros da "Família" foram acusados pelos assassinatos.

Os julgamentos começaram em 19 de junho de 1970, havia ainda o problema que mesmo sob acusação, Charles Manson não havia matado aquelas pessoas e deixá-lo livre seria abrir uma porta para que outros membros sob seu controle voltassem a matar, o que restava era acusá-lo de conspiração, uma das garotas resolveu testemunhar contra Manson em troca de imunidade.

Durante o julgamento Manson brincava com o tribunal e com a imprensa, encarava durante muito tempo os jurados que viravam a cabeça fugindo de seu olhar. Os membros da Familia Manson ainda seguiam suas ordens que eram de sorrir e cantar, incomodando os policiais e toda a população que acompanhavam os dias de julgamento, chegaram a serem proibidos de entrar na sala onde tudo era julgado. Acompanhavam de fora do tribunal, ainda em clima de festa. Em um dos dias do julgamento Manson apareceu com uma marca cortada na testa, simbolizando seu autoexílio e os outros membros o fizeram também.

No dia 25 de Janeiro de 1971 depois de 9 dias de julgamento, Charles Manson e mais 4 membros de sua família foram considerados culpados por conspiração para cometer homicídio qualificado, as garotas ainda tentaram livrar Manson das acusações mas todos foram condenados a pena de morte. Antes da sentença ocorrer, um ano depois a pena de morte foi abolida do estado e passou a vigorar a prisão perpétua.

Manson ao ir novamente para a prisão disse que na verdade ele só estava voltando de onde veio, que esse sempre foi seu desejo e que desta forma, ele havia vencido o julgamento.

Todos hoje em dia ainda estão presos, Charles Manson tem quase 80 anos e os membros da família por volta de 50 anos. Manson ainda reclama que foi preso injustamente, sem ter matado ninguém, sem ter obrigado ninguém a fazer nada, apenas por ter acolhido pessoas que suas famílias não acolhiam mais.

Charles Manson era violento, paranoico, persuasivo, criou uma família e a manteve sob seu controle seguindo sempre suas ordens. Charles Manson é uma das pessoas com mentes diabólicas...


Bons Pesadelos...

2 comentários:

Abel Regoto disse...

Muito bom está série.
Vocês estão de parabéns.
É uma pena saber que na semana que vem não vai ter outro episódio.

Forasteira disse...

E ainda manda cartinhas pra um certo artista de música industrial pra ele parar de usar o sobrenome dele. Esse cara é fera.