28 de novembro de 2008

Homem morto tem seu desejo realizado. Seu Crânio usado numa peça teatral!

O desejo expressado no leito de morte por um pianista polonês, de que seu crânio fosse usado na cena mais famosa da peça "Hamlet", do inglês William Shakespeare, tornou-se realidade em um palco britânico.

Andre Tchaikowsky, um judeu polonês que escapou do holocausto e que morreu de câncer no Reino Unido em 1982, aos 46 anos, doou seu crânio com esse objetivo à Royal Shakespeare Company, que o conservou em um estojo.

O crânio do músico foi finalmente usado, 26 anos após a morte do pianista, pelo jovem ator britânico David Tennant em uma recente produção de "Hamlet" em Stratford-upon-Avon, a cidade natal de Shakespeare, informa nesta quarta-feira (26) o jornal "The Times".

Em seu testamento, o músico, que nunca se casou, doou seus órgãos à ciência, com exceção do crânio, que decidiu oferecer à Royal Shakespeare Company "para uso em representações teatrais".

David Howells, responsável do arquivo da Royal Shakespeare Company, confirmou ao jornal que essa foi a primeira vez que o crânio foi utilizado em uma montagem de "Hamlet". No entanto, a companhia decidiu não comunicar esse fato ao público até o fim das representações.

Para poder usar o crânio em "Hamlet", a companhia teve de obter uma permissão da agência responsável dos tecidos humanos - a Human Tissue Authority -, pelo fato de o crânio ter menos de cem anos.

Bons Pesadelos....

PS: obrigado a todos que estão votando la no blog do internauta, já estivemos ate em 10º lugar.

Um comentário:

Rodrigo Camargo disse...

Que desejo hein, eu dispenso...

kkkk

www.penseonline.com.br