27 de novembro de 2008

O sinal WOW

Mistério Real!
sorte bizarro estranho azar medo
Na noite de 15 de agosto de 1977 o astrônomo Jerry Ehman, da Universidade de Ohio observava a saída dos dados que informavam a potência e a duração dos sinais recebidos pelo radio telescópio Big Ear.

O telescópio fazia parte do projeto SETI que varre o céu em busca de sinais de inteligência extra-terrestre.

A maior parte dos sinais já era de conhecidos objetos celestes naturais que produzem sinais de rádio como galáxias e satélites, mas então repentinamente um pequeno sinal começou a crescer até atingir seu máximo e então decrescer e sumir. No total o sinal teve um tempo de duração de 72 segundos, mas o mais surpreendente era sua intensidade, era tão forte que o a agulha extrapolou os limites o papel de registro.

Completamente atônito, sem muito tempo para pensar em descrições cientificamente precisas, Ehman escreveu ao lado do código que representava, na impressão feita pelo computador, a intensidade do sinal: WOW!

O sinal de 420.456 MHz foi o mais forte capturado pelo radio telescópio em 14 anos de operação. O tempo de sua duração também chamou atenção. Setenta e dois segundos é exatamente o tempo que a rotação da Terra levaria pra girar o telescópio através de um sinal vindo do espaço.

O sinal foi captado vindo da região da constelação de Sagitário.

Até hoje nenhuma teoria conseguiu explicar a origem do sinal.
Terror Vampiro vidente monstro horror fantasma
Bons Pesadelos...

4 comentários:

daciano disse...

Eu ja vi um comentario disso,acho que foi na History Channel

daciano disse...

documentario*

Douglas Morrison disse...

É, eu também já li sobre esse "WOW!".
Bem interessante para quem gosta de Ufos e etc.ingyb

Anônimo disse...

WOW!