16 de maio de 2009

Codex Gigasa bíblia do Diabo

O Codex Gigasa é o maior manuscrito medieval existente no mundo.
Ele foi criado no mosteiro beneditino de Podlažice no inicio do século XIII e hoje está preservado na Biblioteca Nacional da Suécia.

O códice está contido numa pasta de madeira, coberta com couro e ornamentada com metal. Com 92cm de altura, 50cm de largura e 22 cm de espessura, é o maior manuscrito medieval conhecido. Era inicialmente constituído por 320 folhas de velino, apesar de oito das mesmas terem sido posteriormente removidas. Não se sabe quem o fez, nem se conhecem as razões de as páginas terem sido removidas, embora se pense que pudessem conter as regras monásticas dos beneditinos. O códice pesa cerca de 75 kg e o velino nele usado foi elaborado a partir de pele de vitelo(ou pele de jumento, segundo algumas fontes), num total de 160 animais.

Conteúdo
O Codex inclui toda a versão Vulgata Latina da Bíblia, excepto para os livros de Actos e Apocalipse, provenientes de uma versão pré-Vulgata. Estão também incluídos a "Enciclopédia Etymologiae" de Isidoro de Sevilha, "Antiguidades Judaicas" de Josefo, "Chronica Boemorum" (Crónica dos Boémios) de Cosmas de Praga , vários tratados (de história, etimologia e fisiologia), uma agenda com necrologia, uma lista dos monges do mosteiro de Podlažice, fórmulas mágicas e outros registos locais. Todo o documento está escrito em latim.


A "Bíblia do Diabo" foi escrita por um monge que quebrou os votos monásticos e foi condenado a ser murado vivo. A fim de evitar esta severa sanção, ele prometeu a criação, em uma única noite, de um livro que glorificaria o mosteiro para sempre e que incluiria todo o conhecimento humano. Perto da meia-noite, ele teve a certeza que não conseguiria concluir esta tarefa sozinho e, por isso, fez uma oração especial, não dirigida a Deus, mas ao arcanjo banido Satanás, pedindo-lhe que o ajudasse a terminar o livro em troca da sua alma. O monge vendeu, assim, a sua alma ao diabo. O diabo concluiu o manuscrito do monge e foi acrescentada uma imagem do diabo como agradecimento pela sua ajuda.
O códice não foi proibido pela Inquisição e foi analisado por muitos estudiosos ao longo dos tempos.




A página 290 contém apenas uma figura original de um diabo, com cerca de 50 cm de altura. Algumas páginas antes desta, estão escritas sobre um velino escurecido e os caracteres são mais esbatidos que no resto do manuscrito.


A bíblia do Diabo existe mesmo e o parceiro "Cine Dark" colocou um documentário sobre ela, feito pelo National Geographic, para download.

Bons Pesadelos...

15 comentários:

pequena estrela disse...

to com pena dos jumentos.. sério! 160 é sacanagem =/
medo \o/

lucas.lucinger@hotmail.com disse...

Já vi isso no NATGEO muito foda as paginas estão escuras porcausa da pele de animal porque antes não tinha papel ai como a biblia do demo ficava aberta só na pagina com a imagem ai escureceu mais aquela parte =)

francodilan disse...

muito baun -)

Anônimo disse...

pessoal do medo...
plz ajudem me
COMO EU VEJO Um FANTASMA?
O Porque:tenho medo infernal de ver fastasmas e presciso ver um pra acabar c esse medo.
ele esta acabando c minha vida!

Medo B. disse...

Use a Tábua Ouija

Bruna Ugá disse...

Eu também vi o documentário sobre o Codex Gigasa, mas foi no History chanel, e achei muito curto, e não vi muita coisa.
Fiquei arrepiada vendo o comentário, mas amo ver mistérios.
Medo B., continue assim, com muitas informações porque isso e todo o resto te faz ser nota 1000!

Alessandro Ramos disse...

Podiam escanear esse troço e lançar um pdf traduzido na net, ia ser bacana...

Rebeca disse...

Use a Tábua Ouija. [02]

Rebeca disse...

Use a Tábua Ouija. [02]

Rebeca disse...

Acho engraçada a imagem que Igrejas usam de demônios ou de Satanás! Oo Eu aprendi que é ao contrário.

vitor disse...

Esse arquivo pra download , sabes se é legendado e/ou dublado?

Medo B. disse...

É Dublado

Alan disse...

Tem a Bíblia inteira e mais um monte de livros, em apenas 320 páginas?

Deve ser preciso ler com microscópio!

Gabriel França disse...

nossa, eu adoraria ler este livro.
já pensou!?

Gabriel França disse...

logo depois que aprendesse latin, é claro!