27 de fevereiro de 2010

O Caso Frederick Valentich

Frederick Valentich era um piloto civil que apesar de ter apenas vinte anos era experiente e já havia realizado dezenas de viagens aéreas com seu avião Cessna 182-L, além de já ter acumulado uma grande quantidade de horas de vôo, tanto noturnas quanto diurnas.
Em 21 de Outubro de 1978 ele saiu do aeroporto de Moorabbin com destino ao Estreito de Bass, na Austrália e desapareceu em circunstâncias inexplicáveis já que nenhuma pista dele ou de seu avião foi encontrada até hoje. Um pouco antes do último contato de Valentich, o encanador Roy Manifold armou com tripé uma câmera em time-lapse na margem da praia para fotografar o sol se pondo sobre o mar. Quando suas fotos foram reveladas, aparentaram mostrar um objeto se movendo muito rápido para fora da água. Manifold disse que as fotos foram tiradas aproximadamente às 18:47h, ou 20 minutos antes de Valentich ter avisado que estava com dificuldades.



Enquanto passava sobre o Cabo Otway Frederick comunicou-se com o centro de controle aéreo local informando que estava a 4500 pés de altura, sobre o mar. Eram sete horas e o céu estava limpo. Seis minutos depois Valentich contatou novamente a torre solicitando informações sobre luzes que ele estava vendo a quilômetros de sua posição. O controlador afirmou desconhecer a natureza da luz observada. Valentich resolveu aproximar-se da estranha luz para identificá-la. Ele manteve contato por rádio com a torre de controle informando tudo o que acontecia.

Trechos do diálogo

19:06:44
FV: Melbourne, aqui é Delta Sierra Juliete. Há algum tráfego abaixo de mim a 5 mil?
C: Delta Sierra Juliete, não há nenhum tráfego conhecido.
FV: Delta Sierra Juliete, aqui. Parece ser uma grande aeronave abaixo de mim 5 mil.

19:06:44
C: Delta Sierra Juliete, que tipo de aeronave é essa?
FV: Delta Sierra Juliete, aqui. Eu não posso precisar. Apresenta 4 luzes. É como as luzes de pouso de uma aeronave.

19:07:00
C: Delta Sierra Juliete.

19:07:31
FV: Melbourne, aqui Delta Sierra Juliete. A aeronave acaba de passar sobre mim a pelo menos mil pés.
C: Delta Sierra Juliete, "roger". E é uma grande aeronave? Confirme?
FV: Desconheço devido à sua velocidade. Existe alguma aeronave da Força Aérea nas vizinhanças?
C: Delta Sierra Juliete. Não há nenhum tráfego nas vizinhanças.

19:08:18
FV: Melbourne, está se aproximando agora, vindo do leste na minha direção.
C: Delta Sierra Juliete

19:08:41 – (...) microfone ficou aberto por 2 segundos.

19:08:48
FV: Delta Sierra Juliete, aqui. Me parece que a coisa está jogando algum tipo de jogo. Está voando duas ou três vezes a velocidade que eu não posso identificar.

19:09:00
C: Delta Sierra Juliete, "roger". Qual o seu nível atual?
FV: Meu nível atual é 4,5 mil; 4,5,0,0.
C: Delta Sierra Juliete. E você confirma que não pode identificar a aeronave?
FV:: Afirmativo
C: Delta Sierra Juliete, "roger". Aguarde.

19:09:27
FV: Melbourne, aqui Delta Sierra Juliete. Aquilo não é uma aeronave; aquilo está...(microfone aberto por 2 segundos)

19:09:42
C: Delta Sierra Juliete, você pode descrever a aeronave/
FV: Delta Sierra Juliete, aqui. Quando passa, parece ser enorme, comprido...(microfone aberto por mais 3 segundos); não posso identificar mais que...aquilo é muito rápido; (microfone aberto por mais 3 segundos)...está bem na minha frente agora, Melbourne!

19:10:00
C: Delta Sierra Juliete, "roger". Me informe qual o tamanho que o objeto pode ter.

19:10:19
FV: Delta Sierra Juliete, Melbourne. Parece que está estacionário. O que eu estou fazendo bem agora é orbitar, e a coisa está orbitando sobre mim também; a coisa tem luzes verdes e algum tipo de superfície metálica, pois toda ela brilha por fora.
C: Delta Sierra Juliete.

19:19:46
FV: Delta Sierra Juliete aqui. (...) (microfone aberto por 5 segundos). A coisa simplesmente desapareceu.
C: Delta Sierra Juliete.

19:10:46
FV: Melbourne, vocês saberiam informar que tipo de aeronave é aquela? Seria uma nave militar?
C: Delta Sierra Juliete. Confirme que a aeronave desapareceu.
FV: Repita por favor.
C: Delta Sierra Juliete, a aeronave ainda está aí com você?
FV: Delta Sierra Juliete. Está...oh, não...(microfone aberto mais 2 segundos). Está agora se aproximando, vindo de sudoeste.
C: Delta Sierra Juliete.

19:11:50
FV: Delta Sierra Juliete, aqui. O aparelho é muito estranho. Agora eu o tenho e 23 ou 24...e a coisa está...
C: Delta Sierra Juliete, "roger". Quais são as suas atitudes agora?
FV: Minha atitude agora é para a Ilha King, Melbourne...Aguarde...a estranha aeronave está sobrevoando-me agora, bem acima, novamente...(microfone aberto por 2 segundos); Está acima de mim e não é uma aeronave...
C: Delta Sierra Juliete

19:12:28
FV:: Delta Sierra Juliete, Melbourne...(microfone aberto por mais 2 segundos)

19:12:55 – Fim das comunicações após 17 segundos de ruídos metálicos de origem desconhecida.

Programa sobre o Caso Frederick Valentich





Até hoje o incidente envolvendo Frederick Valentich não tem uma explicação racional e, pelo conteúdo de sua comunicação com a Torre de Controle, há grandes indícios que Valentich tenha encontrado um UFO durante seu vôo.

Bons pesadelos...

31 comentários:

MarkGrunge disse...

Esse post ficou Fantastico!!!!
gosto de mais desse tipo de posts...

beowulf.k disse...

tbm adoro posts assim ficam muito mais interressantes


medo será q vc tem como achar a foto q o encanador tirou ??

Gisele disse...

Muito bom esse post!

Como o piloto do avião desapareceu quando a nave desconhecida estava acima dele acho que ele fou abduzido né? O.o

ELDER disse...

show de bola o post!!!

a parte da conversa do piloto com a torre chegar a dar uma aflição
tenso O.o

Altair disse...

Adoro essas postagens de UFOS. Parabéns, curti muito.

Eric disse...

Os posts do MedoB sempre são mais completos que o meu. :P

Na época que postei sobre o caso nem vídeo coloquei x)
- Abraço pessoal do MedoB!

Lia Aveiro disse...

adorei!

Anônimo disse...

Adoro posts sobre OVNIs. Muito bom.

MEDO B disse...

Galeraaaa
vlw por gostar :)

Esse post é da Pequena Estrelaaa xD

Anônimo disse...

pqna estrela sempre adorei seus posts muito bbom esse daí hein ...

BY MELEKA

ELDER disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ELDER disse...

alguem sab o nome do programa em que foi passado esse video???

Poesias Particulares disse...

Po esse post realmente foi demais. Um caso a ser estudado minuciosamente por ufólogos experientes! Imagina estar na situação desse cara...só Deus sabe oq ele passou :|

Jorge disse...

Acho que o progama se chama Desaparecimentos, e não passa a muito tempo no History channel! Muito boom o vídeo!

Lestat de Lioncourt disse...

òtimo post "pequena estrela" essa deu pra arrepiar.
Não sei pq mais casos de possiveis ovnis me deixam um tanto TENSO

acredito q algo do tipo possa realmente ter acontecido
ou então quem sabe colocaram o pobre Valentich numa experiencia militar...Mas isso de conspirações é assunto pra outro post srsrsrsrs

Lestat de Lioncourt disse...

obs: Talvez ele tenha ido parar na ilha de "Lost" ahushasuhusahus

Anônimo disse...

o "roger" que vcs botaram em um dos trechos da comunicaçao é como se fosse, nos EUA, um "entendido" e nao simplesmente roger :)
fora isso o post é demais e estao de párabens por esse blog caprichado

Geh disse...

muito bom msm

Dara disse...

muito louco isso. total foi abduzido.
medo o.O

Emery disse...

Adorei o post !!
Muito intrigante esse caso
O.o

Kamila . disse...

Parabéns P. estrela seus posts são sempre muito bons.

jna disse...

Essa historia érealmente muito suspeita... de dar arrepios o.O
Imagine estarna situacao desse cara[2]

A.F. disse...

Interessante... isso me lembra algumas coisas legais de ufologia.

muitos pilotos sumiram de maneira parecida, mas geralmente eles desaparecem naqueles lugares do planeta terra onde quase tudo desaparece, se não me engano são 7, os lugares "amaldiçoados do planeta" mas não me lembro o nome exato,poderia haver um post sobre isso,fica a dica, entre eles incluem o triangulo das bermudas, o mais conhecido, mas o mais perigoso de todos é o triângulo do dragão, perto do japão, lá sim que o negocio é de dar medo. acontece de tudo nesse triângulo. a explicação é claro são bases submarinas alienigenas.

pelo relato, digo que o objeto saindo da agua é um OSNI.

OSNIs Objetos Submarinos Não Identificados, a ufologia dá muita atenção a eles, por que são muitos os fatos que indicam que o planeta terra está cheio de bases submarinas alienigenas.

eu não "viajo na maionese" nem to no "mundo da lua", os fatos existem pra qualquer um poder pesquisar neles.

Liniker Jordan :D disse...

tensão

Cristiano disse...

ÓTIMO POST!

GaBiH disse...

OMG q medo õ.O

pookiie2 disse...

o cara tava chapado mesmo D:

Anônimo disse...

Olá amigo, vim aqui para deixa o link onde estão todas as obras do Cientista Herbert Alexandre Galdino Pereira da área de Eletromagnetismo Aplicado e Aviónica. Ele é autor da Teoria do Triângulo das Bermudas, que visa explicar o que ocorre com os aviões ao entrarem nessa zona, Teoria dos Celulares e Eletricidade Estática, e Orientação aos Aviadores Brasileiros ao voarem a Serra do Cachimbo, em Mato Grosso, pois existe campo Magnético na área do Brasil (relaciona-se ao vôo 1907 e com o Tráfico Aéreo). Entre outras obras.
Deixo o Link aqui em baixo para Leitura e Downloads das Obras deles.

http://www.scribd.com/people/documents/13555060-fuma-a

Um abraço.

WILLIAM MORAES CORRÊA (OS FOLIÕES) disse...

Um fato digno de ser estudado por todos, não por "ufólogos" que só querem vender camisa, boné e DVD de gray gay. Esses desaparecimentos realmente são intrigantes e sua relação com espaçovas é iminente. Essas zonas zro são outro misterioso milenar. O Anônimo Sabetudo com a palavra.

Anônimo disse...

Site próprio do Cientista Herbert Alexandre Galdino Pereira da área de Eletromagnetismo Aplicado e Aviónica.

http://www.cientistaherbertalexandre.com/

Frank Lucas disse...

Muito show seu site o dono esta de parabéns se quiser pode colocar o link dele no meu site:

 Tatuagens masculinas 
Tatuagens de dragões 
Tatuagens nas pernas  
Tatuagens tribal  
Tatuagens de carpa  
Tatuagens de fênix  
Tatuagens de tigre  
Tatuagens de águia  
.