5 possiblidades científicas de acontecer um Apocalipse Zumbi

Descobrimos recentemente que se você tentar deixar uma criança em um cemitério à noite, ele vai pirar. Mesmo se você oferecer à ela uma arma para se proteger. Por quê? É porque, em algum nível instintivo, todos os seres humanos sabem que é apenas uma questão de tempo até que os zumbis aparecem.

Nossa cultura é cheia de contos de mortos-vivos caminhando na Terra, de nossas religiões até nossos livros em quadrinhos. Mas, o apocalipse zumbi não é realmente possível, certo?

Certo?

Gente?

Na verdade, é sim. É bem possível. Aqui estão cinco maneiras de como poderia acontecer, de acordo com a ciência.




[leiamais]



#5 Parasitas Cerebrais


Visto em: Resident Evil IV

O que é?
Parasitas que escravizam seus portadores como se fossem zumbis insanos são comuns na natureza. Existe um em particular chamado toxoplasmosa gondii que parece viver para ser o parasita mais aterrorizante de todos.

O toxoplasmosa gondii se reproduz dentro do intestino dos gatos, mas só se manifesta em ratos. Então ele assume o controle do cérebro do pobre ratinho e intencionalmente faz ele correr em direção ao gato. Ele programa o rato para ser comido, mas o rato não sabe disso.

...Bem, são apenas ratos, não é?

Como isso pode resultar em zumbis?

Ei, já mencionei que a metade da população humana na Terra está infestada de toxoplasmose e não sabe? Você pode ser um deles. Ah, e também foram feitos estudos e os resultados mostraram que os infectados com esse parasita têm uma pequena alteração em sua personalidade que os faz mais propícios a ficarem loucos.


Chances de um apocalipse zumbi:

Humanos e ratos não são muito diferentes, é por isso que usamos ratos para testar nossos medicamentos. Tudo o que precisamos é de uma versão mais evoluída da toxoplasmose, uma versão que pudesse fazer conosco o que faz com os ratos. Imagine se metade do mundo de repente parasse de ter o instinto de auto-preservação ou pensamento racional? Quer dizer, ainda menos pensamento racional do que já tem.

"Ah, mas vai levar uma eternidade para esse parasita evoluir", então você está se esquecendo de todos os programas de armas biológicas no mundo que intencionalmente potencializam esses parasitas. Será que os cientistas de tais laboratórios já não estão trabalhando sob o comando involuntário do toxaplasma gondii em seus cérebros?

Você pode também estar pensando que essas pessoas nunca foram mortas, então não são tecnicamente "zumbis", mas posso te assegurar que eles não vão ligar pra isso enquanto estiverem rosnando e se arrastando até a janela do seu quarto.


#4 Neurotoxinas


Visto em: Nos filmes The Serpent, The Rainbow, e no jogo Resident Evil 5.

O que é?
Existem certos tipos de venenos que diminuem as funções corporais a ponto do indivíduo ser considerado morto mesmo para um médico (ok, talvez não um bom médico). O veneno Fugu (do baiacu japonês) pode fazer isso.

As vítimas podem ser trazidas de volta sob o efeito de uma droga como a Datura Stramonium (ou outros produtos químicos chamados alcalóides) que os deixam num estado de transe sem memória, mas ainda capazes de comer, dormir, grunhir e andar por aí de braços esticados.


Como isso pode resultar em zumbis?

“Pode resultar?” Que tal “Como resultou?”

Isso já aconteceu no Haiti, que é de onde vem a origem da palavra "zumbi". Existem livros sobre o assunto, os mais famosos são de Wade Davis que escreveu Passagem das Trevas, A Serpente e O Arco-Íris (Sim, os filmes foram inspirados nele). E o que era verdade nessa história toda?

(Bem, tem uma cena onde eles amarram um cara nu à uma cadeira e o espetam nas bolas. Vamos esperar que pelo menos isso não seja verdade.)

O que é definitivamente verdade é a história do haitiano Claivius Narcisse. Ele foi declarado morto por dois médicos e enterrado em 1962. 18 anos depois, encontraram-no vagando ao redor da vila, e descobriram que sacerdotes voodoo locais vinham utilizando produtos químicos naturais para "zumbificar" pessoas e colocá-las para trabalhar nas plantações de açúcar.

Então, da próxima vez que você estiver derramando um pacotinho de açúcar em seu café, lembre-se que ele pode ter sido tratado por um zumbi.


Chances de um apocalipse zumbi:

Por um lado, isso já aconteceu, mas mesmo se algum gênio do mal intencionalmente distribuir as toxinas alcalóides para uma população afim de transformá-los em uma horda de zumbis loucos, não existe nenhuma maneira de fazê-los serem agressivos ou canibais
...Ainda.


#3 O Vírus Da Raiva

Visto em: Extermínio

O que é?
No filme, era um vírus que transformou os seres humanos em máquinas de matar. Na vida real, temos uma série de distúrbios cerebrais que fazem a mesma coisa. Claro, eles nunca foram contagiosos...Até a doença da vaca louca aparecer. O vírus ataca a medula espinhal e o cérebro da vaca, transformando-a, bem...numa vaca louca.

E aí os seres humanos comem a carne da tal vaca...


Como isso pode resultar em zumbis?

Quando a doença da vaca louca atinge os humanos, chamamos de Doença de Creutzfeldt-Jakob. Vejam os sintomas:

- Alterações no modo de andar

- Alucinações

- Falta de coordenação (como por exemplo, tropeçando e caindo)

- Espasmos musculares

- Convulsões

- Rápido desenvolvimento de delírios ou demência

Ok, a doença é rara (embora não tão rara quanto se pensa) e os doentes não são conhecidos por perseguir pessoas como monstros assassinos. Ainda. Mas isso prova que infecções cerebrais generalizadas da Raiva são apenas uma questão de esperar pela doença certa chegar.


Chances de um apocalipse zumbi:

Se a ideia de violência irracional parece exagero, lembre-se que você está apenas a uma substância química (serotonina) longe de se transformar numa máquina de matar irracional. (Isso foi testado em ratos e eles começaram a se atacar nas gaiolas).
Tudo o que seria necessário é uma doença que destrua a capacidade do cérebro de absorver serotonina e de repente o mundo em "Extermínio" vira real.

Então imagine uma doença evoluída, uma espécie de Super Vaca Louca, e imagine que essa doença se espalha através do contato por sangue ou saliva. Agora você tem um vírus da raiva do tipo que pode ser transmitido por uma mordida.

...Assim como no filme: com uma mordida, você de repente vira o pior tipo de zumbi: um zumbi rápido.


#2 Neurogênese

Visto em: laboratórios no mundo inteiro.

O que é?
Sabe aquela controvérsia toda que falam sobre as pesquisas com células-tronco?
Bem, o lance das células tronco é que elas podem ser usadas basicamente para regenerar células mortas. São de interesse particular dos zumbiologistas o método da neurogênese, pelo qual as células-tronco são capazes de regenerar tecido cerebral morto.

Você pode imaginar onde isso vai dar.


Como isso pode resultar em zumbis?

Ciência pode muito bem salvar você de tudo, menos morte cerebral. Eles podem trocar basicamente todos os seus órgãos, mas se seu cérebro para de funcionar, pff, você morre. Certo? Não por muito tempo.

Eles já são capazes de regenerar cérebros de pacientes em coma por trauma cerebral até que eles acordem e comecem a andar por aí.

Combine isso com a nova capacidade de manter um corpo em estado de animação suspensa para ser trazido à de volta a vida desde que o encontremos rápido o suficiente.

Parece ótimo, não? Bem esse laboratório dedicado à "Pesquisa de Reanimação" (Sim, ele se chama assim) explica como o processo de "reanimar" alguém tem um pequeno probleminha. Basicamente faz o cérebro morrer de fora para dentro, ou seja, o lado de fora morre primeiro, que é o córtex (a parte boa que torna nós seres humanos em humanos) deixando apenas a parte que controla a função motora básica e os instintos primitivos para morrer depois.

Você não precisa do córtex para sobreviver, tudo o que você precisa é o tronco cerebral: você ainda será capaz de andar sem pensar e comer. Por isso algumas galinhas podem continuar andando depois de terem sido decapitadas (houve até um caso de um frango que viveu por 18 meses sem a cabeça)

Bem, você pega um paciente com morte cerebral, usa essas técnicas para regenerar o tronco cerebral e você terá um corpo irracional movendo-se por aí, sem nenhum pensamento e nenhuma personalidade, nada além de uma nuvem de instintos básicos e impulsos.

Isso, senhoras e senhores, é o que gosto de chamar de um zumbi vivo e real.


Chances de um apocalipse zumbi:

Pense nisso. Em todos os sistemas jurídicos do mundo, todos os direitos e responsabilidades são encerrados com a morte. Tudo o que precisamos é de alguém com recursos e necessidade de uma força de trabalho de escravos irracionais.

Quanto tempo passará até que alguém tente isso? Estamos apostando em qualquer um no mundo, talvez na Coréia do Norte terá um zumbi trabalhando no Natal.


#1 Nanobots

Visto em: Prey, de Michael Crichton e o jogo Nano Breaker

O que é?
Nanobots são uma tecnologia que a ciência aparentemente projetou para fazer você ter pavor do futuro. Estamos falando de robôs microscópios e auto-replicantes que podem invisivelmente construir - ou destruir - qualquer coisa. Vastas somas de dinheiro estão sendo derramadas em nanotecnologia. Claro, em algum nível, os cientistas sabem que nanobots vão destruir a humanidade. Só que eles simplesmente não conseguem esperar pra ver como no que isso vai dar.

Como isso pode resultar em zumbis?

Os cientistas já criaram um nano-ciborgue, fundindo um pequeno chip de silicone a um vírus. A primeira coisa que descobriram é que esses ciborgues ainda podem operar por até um mês após a morte do hospedeiro. Observe como os nanocientistas foram direto ao ponto da "zumbificação", mesmo nesta fase inicial. Eles sabem onde o horror mora.

Segundo estudos, dentro de uma década eles terão nanobots que podem rastrear dentro do seu cérebro e criar conexões neurais para substituir as danificadas. Isso mesmo, os nanorrobôs serão capazes de reprogramar seus pensamentos. O que poderia dar errado?


Chances de um apocalipse zumbi:

Façam as contas.

Algum dia haverá nanobots em seu cérebro. Esses nanorrobôs vão ser programados para continuar funcionando depois que você morrer. Eles podem formar seus próprios caminhos neurais, o que significa que eles podem usar seu cérebro para manter o funcionamento de seus membros depois que você tenha falecido e, presumivelmente, até você apodrecer aos pedaços.

Os nanorrobôs serão programados para se auto-replicar, e a morte do hospedeiro vai significar o fim dos nanobots. Para preservar a si mesmos, eles precisam se transferir para um novo hospedeiro. Portanto, o último ato do zumbi nanobot seria a morder uma vítima saudável, deixar vários nanobots entrarem e "montar acampamento" no novo hospedeiro. Uma vez dentro, elas podem fechar a parte do cérebro que resiste (córtex) e deixar o tronco cerebral intacto. Eles vão ter acrescentado um novo membro para o exército de mortos-vivos.

A essa altura do campeonato, o objetivo é sermos pesquisadores responsáveis​​. Não queremos criar pânico aqui. Tudo o que estamos dizendo é que em um dia no futuro, fugitivos nanobots microscópicos vão acabar inundando o mundo com mortos-vivos canivais.

A ciência já provou isso.
 _____________________________________


Fonte: Cracked Tradução: @marianaevcs
Bons Pesadelos...