10 de agosto de 2013

REC. Recordações Macabras

E o Acervo Maldito volta com uma gravação terrível... uma história assustadora contada por alguém em um porão...
A melhor maneira de ouvir essa história é apertando play aqui no video do Acervo. Mas quem quiser pode ler ela logo abaixo...






[leiamais]

Um, dois, três, gravando...

Hoje é 31 de outubro de 1986.
Meu nome é Lucas Guilhermine Jafaliere e resolvi gravar esse áudio para relatar o que se passa em minha casa pois, eu não sei o que mais poderá acontecer até o chegar do amanhecer...
Já passam das 3:00 da madrugada e não tenho esperança alguma, apenas sinto medo e frio, certamente morrerei e é só questão de tempo. Bem acima de mim estão os corpos de meus familiares e do caseiro aqui do sítio.

Como tudo começou? Cerca de cinco horas atrás... Gosto de assistir tv até mais tarde, todos em casa dormem cedo mas eu fico acordado por horas assistindo filmes. Foi algo repentino, a energia elétrica simplesmente acabou. Resolvi descer até o porão de casa para procurar por pilhas para minha lanterna e em quanto revistava algumas gavetas notei um barulho estranho do lado de fora da casa, à princípio ignorei e só depois de um tempo que percebi que o som que vinha de fora era distinto, parecia-se mais como se alguém estivesse arrastando algo de muito peso pela a grama, como se estivesse arrastando um grande saco de lixos. Sim! Eu ouço muito bem até porque a janelinha do porão estava aberta.
Decidi dar uma olhada e foi então que meu inferno começou! Da janela pude ver os pés de algo que não era humano, eram pés enormes e cheio de unhas cumpridas, haviam hematomas ou algo parecido com feridas nos pés e para piorar essa "coisa" passou à poucos centímetros da janelinha do porão.
Tentei me apoiar sobre a janela mas ela é minúscula e não pude ver bem o que era aquilo e foi quando me deparei com algo ainda mais pavoroso! Seja lá o que for, aquela coisa estava arrastando lentamente o corpo do caseiro do sítio pelo o gramado da frente da casa. Fiquei imóvel, entrei em choque! Pensei em gritar mas nem isso consegui fazer e para piorar a criatura parou de arrastar o corpo do caseiro por alguns segundos e foi nessa hora que eu pude entender o que estava acontecendo, eu nunca antes havia visto alguém morto de tão perto, o caseiro estava lá largado no chão com seu pescoço dilacerado e com seu corpo coberto de sangue, seu rosto apresentava a feição paralisada de alguém que havia visto algo assustador antes de morrer e isso me fez sentir uma sensação estranha e um medo inexplicável, fiquei tão apavorado que por alguns segundos não consegui sair do lugar, eu não podia acreditar que aquilo estava acontecendo e nesse tempo pude ouvir caminhar da maldita criatura subindo as escadas em direção a porta da sala...

Ela está aqui dentro agora!

Daqui de baixo pude perceber seus passos lentos e cautelosos o que deixava claro que a aberração, sabia exatamente o que estava fazendo. A criatura andou por toda a casa e silenciosamente fez de minha família toda seu prato principal, cada vez que a criatura se movimentava não tardava a voltar para a sala da casa com um corpo. Primeiro foi minha irmãzinha e depois foram meus pais, todos foram mortos em quanto dormiam. Eu sei disso porque o teto do porão é o piso da sala e esse teto é quase que da minha altura, posso tocá-lo se estender a mão, é feito de madeira e posso enxergar através de algumas frestas e o que vejo agora é algo pavoroso!

Minha irmã e meus pais foram colocados um ao lado do outro no tapete da sala. Mesmo com pouca luz é possível ver que meu pai está coberto de sangue, ele morreu de olhos abertos e seu pescoço está todo rasgado, assim como foi com o caseiro, não posso deixar de encará-lo, é como se ele estivesse olhando pra mim, como se quisesse me alertar do perigo. Minha mãe não demonstra ferimentos expostos mas, posso perceber que seu pescoço está quebrado pois é possível notar algumas marcas roxas perto de sua garganta. Minha irmãzinha foi decapitada, dá para ver que a sua cabeça foi colocada em seu colo e o sangue de todos eles cheira forte e escorre pelos vãos do piso de madeira, posso sentir algumas gotas pingando em minha face em quanto tento observar a criatura que continua passeando por toda a casa.

Meu Deus! Onde está meu Deus agora? Estou apavorado, me sinto abandonado e a única coisa que posso fazer é conter minha respiração e minha vontade de gritar para me manter seguro e escondido da morte.
A criatura continua andando pela a casa, é como se estivesse certificando-se de que não há mais ninguém para dizimar...

Agora ela está voltando para sala, Deus tenha misericórdia, eu não estou vendo isso...

O monstro está estripando o cadáver de minha mãe, ele cravou suas unhas em seu ventre em quanto arranca todo seu interior e ele faz tudo com muita frieza...

O monstro lavou suas mãos com sangue e se aproximou da parede, ainda não posso ver sua face mas vejo que ele começou a passar a mão na parede, é como se estivesse escrevendo algo com o sangue de minha mãe. Sim! É justamente isso o que está fazendo, eu não consigo ler mas é uma escrita...

A criatura parou! Ele permanece parado no mesmo lugar, está ao lado esquerdo do sofá e eu já posso ver seus grandes olhos vermelhos reluzentes e posso ouvir seu fungado, realmente não é um ser humano pois, tem aspecto e feições distintas...

Já se passaram algumas horas e a criatura permanece parada no mesmo lugar, a minha vista já se acostumou com a escuridão e agora posso ler com perfeição a mensagem de sangue da parede, a qual diz: Eu sei que você está no porão...


Bons Pesadelos...

33 comentários:

Marcus disse...

Tô acordado no meio da madrugada, e com esse conto agora que eu não durmo mesmo...

Unknown disse...

kkkkkkkkk essa foi fd

Lovely disse...

Seria interessante você falarem do site the midnight tea party, eles não publicam mais historias, mas ainda assim é legal dar uma olhada

Rodolfo disse...

Puts esse monstro é mt cusão. O cara se fudeu...

marylu disse...

Legal esse conto mas pq ele não saiu do porão? ?
Ele podia pegar uma faca e lutar com o monstro avisar sua família
Meio covarde esse cara ai....

Joana Ester disse...

Muito bom o "eu sei que vc está no porão" hahahaha

Lyrah Velcid Lumiehr disse...

Parece aquele do Eu sei que voc~e está acordado, "Obra-prima" o nome né?

Daniel Martins disse...

ótimo conto, o final foi bem previsível mais apesar disso curti muito

Lustful Lips Call You disse...

Parece uma cópia do "Obra prima" com seu "Eu sei que você está acordado".

May disse...

Mais previsível impossível e.e

Paula Nascimento disse...

rapaz, esse foi bem foda! foi previsível... mas foi de cagar! uma delicia pra assistir de madrugada antes de dormir...

Acervo Maldito disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Acervo Maldito disse...

Pessoal que tá falando do Obra Prima...

Pesquisei aqui e realmente são parecidas mas, posso assegurar que em momento algum serviu de inspiração ou algo do gênero até pq, o foco de REC é a gravação e o desespero de estar trancado em um porão, coisas que a obra prima não apresentam. Espero que apreciem a história, obrigado!

Thais Wheb disse...

O melhor a fazer seria procurar uma arma no porão, tentar, o máximo possível, engolir o medo subir gritando exprimindo seu ódio disfarçando o medo e atirar ate ter certeza que acertou seu alvo. Se esse procedimento falhar, bom, o melhor já foi feito, morrer vingando a morte cruel de sua família! Hoje em dia o Medo nos move, no final das contas, a sermos corajosos e fortes, já que a covardia já é coisa do passado.....

Fabrício H.B.C. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabrício H.B.C. disse...

Concordo com a Thais. Prefiro morrer que perder a vida!

Kellia Veras disse...

Kkkkk isso me lembrou a tata werneck como fernandona relatando e presenciando as histórias num porão, através de um rap.. :p

Hazel Folks disse...

" eu nunca antes havia visto alguém morto de tão perto, o caseiro estava lá largado no chão com seu pescoço dilacerado e com seu corpo coberto de sangue, seu rosto apresentava a feição paralisada de alguém que havia visto algo assustador antes de morrer e isso me fez sentir uma sensação estranha e um medo inexplicável," - 500 L de puro CAGAÇO. Chegou feder aqui

Marcelo Inácio disse...

Aê, o Medob trouxe uma creepy boa!!! Continuem assim, pf, trazendo essas creepys desse estilo de terror!

Adalmilson Brenno disse...

se fosse eu iria zoar antes de morrer, pegaria o sangue que estava gotejando e escreveria ''aproveita e vai pegar uma pizza pra mim''. morreria mas ficaria feliz aheuaheuaehuaha

Matheus Silva disse...

VI UM HOMEM AZUL OLHANDO A TOALHA NO ARMARIO DO SOFA!!!!
SERIO ELE TAVA ALI OLHANDO PRO NADA NA UNHA DA LESMA VERDE BEBENDO SUCO DE LARVA IMPORTADO DA SUECIA NORUEGUESA TIBETIANA E DERREPENTE DANÇOU COM A XUXA EM UM FILME PORNO ESTRELANDO O FREDY KRUGER COMASCARA DE JASON ENQUANTO DANÇAVA ALEJANDRO DA LADY GAGA ENQUANTO JOGAVA AÇAÇINES CRIDI E ELA MATOU OS PAIS PRA SER UMA SERIAL KILLER FAMOSA E RICA DE FORTUNA ROSA AZUL MAS INFELIZMENTE SE MATOU DE AIDS E FOI ENTERRADA VIVA MAIS AI NO CAXAO ELA FOI POSSUIDA PELA DERCY GONSALVES E SAIU DANDO PRA TODO MUNDO!!!!! ELA ENCONTROU O EXORISTA E QUIZ DA PRA ELE MAS O EXORCISTA ERA O MARCELO REZENDE E AI ELA DESISITIU DE DA PRA ELE PORQUE ELE E FEIO PRA CARA*** E TUDO ISSO ACONTECEU EM LAVENDER TOWN AONDE O DATENA ERA PREFEITO ERA PAI DA SELENA GOMES QIE EATAVA GRAVIDA DE SATANAS E TEV EUM FILHO AI O PAI DATENA MANDOU MARCELO REZENDE PRA EXORCIZA O GAROTO MAS O GAROTO ERA INEXORCIZAVEL E AI ELE MANDOU O GAROTINHO PRA GUILHOTINA E NA HORA DE MANDAR DECEPAR ELE FALOU:"CORTA PRA MIM" AI O CARINHA QUE MORA LOGO ALI.CORTOU E A CABEÇA DO DESMOIM SE TRAMSFORMOU EM SUCO DE UVA COM SABOR DE MAÇÃ DE LARANJA LIMA AI O DATENA COMEÇOU A GRITAR E TEVE UM INFARTO NO CELEBRO ENTÃO O EDIR MARCEDO VIROU E FAALOU ISSO OBRA DE SANTANAZ!! E COMEÇOU A EXORCIZA A LADY GAGA QUE ESTAVA POSSUIDA PELA DERCY GONSALVES MAIS AI APARECEU O GOKU E TELETRANSPORTOU ELES PRO INFERNO AONDE ENCONTRARAM O JUSTIM BIBER DANDO O F.UREBIS PRUMS 123 DESMONIO E AI O EDIR MARCEDO COMEÇOU A FALAR QUE ERA TUDO CULPA DA GLOBO ENTÃO NO MEIO DAQUILO TAVA A XUXA DANDO PRUM MULEKE DE 12 ANOS E FALANDO "OH!! AI!! VAMOS BAIXINHO!"
AI O MULEKE DA UM.TAPA NA BUN** DA XUXA E DISSE: "QUE FILEZÃO EIM TIA''" AI DAS CHAMAS DO INFERNO.SURGE TONY RAMOS E FALA "E FRIBOY?" AI APARECE O GOKU E TIRA O EDIR MARCEDO DO INFERNO E DIZ AKNDJDKDJDKDJFFKDKNFFKFNF!!! E AI O QUE ACHAM?

TiaDaMarmitex disse...

Absinto

Renan disse...

Muito bom

Pedro Cardoso disse...

"Eu sei que você está no porão..."
Caguei

Fabinho the SUINOH disse...

Old but Gold...

ageumm disse...

O primeiro salva os outros só lixo...

AgeuMM
Ageu Barreto

Felipe Sena disse...

Sim, "Obra-prima", essa do porão só é uma versão piorada XD

Kill herminio disse...

como q o cara via entre as frestas de madeira a familia dele q tava sobre o tapete??
tapete transparente
#fail

Jamilleh Gruenberg disse...

kkkk que medo ^^

Camille Borges disse...

"Eu sei que você está no porão..."
Nossa.... Até arrepiei me imaginando no local. ahahahhahaha
Medooooo KKKKKKKK
Muito bom o Conto, curti muito!! *-*

Acervo Maldito disse...

Kill herminio,fala aê gênio. Tapete não é carpete e só ocupa um pedaço do piso, tem vários meios de se olhar por uma fresta, de baixo para cima (que é o que você sugere) e de lado, que é o mais óbvio para o caso da história.

Keler Tancon disse...

O texto foi mais assustador que o vídeo.. o.O

Osbourne yeah disse...

Muito bom!!! O que fez a diferença foi a riqueza de detalhes! Me imaginei vendo o que ele viu e sentindo o que ele sentiu. Quem diz que foi tao previsivel assim, sem querer ofender, é muito metido a sabichão! Terminou do jeito que tinha q terminar. Se desrnrolou do jeito que tinha q desenrolar. Encher linguiça não dá certo. Obrigada pelos minutos de terror.